07/11/2017 12h

Saiba lidar com sucessos e fracassos

Aqueles que experimentam muitos sucessos acabam sofrendo vários fracassos.

Divulgação: Dora Nunes
 

À medida que as pessoas sobem os degraus do sucesso estão ao mesmo tempo descendo em direção ao fracasso. Os caminhos para o sucesso e o fracasso são como os dois lados de uma mesma moeda. Isso se torna mais nítido quando a ladeira fica mais íngreme. Aqueles que desconhecem o fracasso é porque nunca buscaram de verdade o sucesso. Aqueles que experimentam muitos sucessos acabam sofrendo vários fracassos.

Nossa vida passa por muitos altos e baixos. Não importa em que ponto vocês estejam da vida, deverão ser fiéis ao seu coração e fazer do Caminho do Meio o seu princípio. A filosofia do Caminho do Meio não é uma teoria que os impedirá de ter sucesso nem é algo idealizado apenas para resgatar as pessoas que estejam à beira do fracasso. A filosofia do Caminho do Meio é o Caminho Real para a vida.

Em tempos de sucessos, de triunfo, quando a maré está boa, procurem se disciplinar, vivendo com humildade e austeridade. Em sua humildade, nunca se esqueçam de sentir gratidão. As pessoas que não se esquecem de ser humildes e gratas nos momentos favoráveis e de sucesso farão com que seu sucesso continue aumentando cada vez mais.

O sucesso conseguido não deve causar o fracasso de outras pessoas. Seu sucesso não deve prejudicar ninguém nem fazer os outros infelizes. Deve ser aquele que faz todas as pessoas crescerem.

*As reflexões desta coluna são extraídas de "O Renascimento de Buda", do autor e líder espiritual japonês Ryuho Okawa (IRH Press do Brasil). Seus mais de 2.200 livros publicados, traduzidos para 28 idiomas, já venderam mais de 100 milhões de exemplares no mundo todo.

MAIS SOBRE "O RENASCIMENTO DE BUDA"

O Renascimento de Buda apresenta a essência da doutrina budista, na forma como foi revelada pelo próprio Buda a seus discípulos há 2.500 anos. É um guia e uma voz de advertência para os seguidores dessa religião, chamando-os a uma reconscientização neste início de século 21 e, ao mesmo tempo, uma preciosa fonte de conhecimento para os que ainda não a conhecem. Apresentadas em linguagem facilmente compreensível pelo autor japonês Ryuho Okawa, a doutrina e as mensagens se tornam vivas e atuais. É como se o leitor escutasse o próprio Buda falando. Com 227 páginas e excelente apresentação gráfica, o livro é dividido em sete capítulos: Eu Renasci (sobre o redespertar budista no mundo de hoje); Palavras de Sabedoria (alimento para a vida - com mensagens sobre o Caminho do Meio, humildade, gratidão, a prática do amor e sobre o caminho do aprendizado); Não Sejam Ignorantes (sobre atitudes que envenenam a mente, como ganância, raiva, inveja e mania de se queixar); A Política e a Economia (capítulo imperdível, que traduz as disputas do mundo atual – falta o Caminho do Meio); Perseverança e sucesso (a receita é viver sem pressa, cultivar o silêncio e a virtude, ter um coração calmo e não despertar inveja). Os dois últimos capítulos – O que é reencarnação e A Fé e a Construção do Reinado Búdico na Terra – são dedicados aos conceitos budistas. Há frases impactantes, como "cada um só poderá viver neste mundo por cerca de 100 anos. Pensem: o que poderão levar com vocês quando chegar a hora de deixar este mundo?". No final, destaque para o chamado à responsabilidade dos pais na transmissão da fé aos filhos.

Envie seu Comentário