03/11/2017 17h30

Suspeito de ataque em NY seguiu planos do Estado Islâmico.

A polícia afirmou ter interrogado Sayfullo Saipov, de 29 anos, que foi baleado e preso por policiais momentos depois do atentado em Manhattan na terça-feira (31) , quando o agressor invadiu uma ciclovia com uma caminhonete alugada.

Rede Agora
 
 

Um imigrante uzbeque suspeito de ter matado oito pessoas na cidade de Nova York seguiu planos delineados pelo grupo militante Estado Islâmico e planejados com semanas de antecedência, disseram investigadores dos Estados Unidos nesta quarta-feira. A polícia afirmou ter interrogado Sayfullo Saipov, de 29 anos, que foi baleado e preso por policiais momentos depois do atentado em Manhattan na terça-feira (31) , quando o agressor invadiu uma ciclovia com uma caminhonete alugada.

"Parece que o senhor Saipov vinha planejando isto há várias semanas", disse o vice-comissário de polícia de Nova York, John Miller, em uma coletiva de imprensa. "Ele fez isso em nome do Isis (Estado Islâmico), e juntamente com outros itens recuperados no local havia anotação que indica isso", disse Miller. "A essência da nota era que o Estado Islâmico durará para sempre." "Ele parece ter seguido quase exatamente as instruções que o Isis colocou em seus canais de redes sociais para seus seguidores", completou.

Envie seu Comentário