27/12/2017 05h50

Autorização ambiental impulsiona produção de celulose em Três Lagoas

Imasul concedeu autorização para renovação da licença de operação.

Correio do Estado
 
 
Unidade de MS tem capacidade para produzir 1,5 milhão de toneladas de celulose - Foto: Ascom Eldorado Brasil MSUnidade de MS tem capacidade para produzir 1,5 milhão de toneladas de celulose - Foto: Ascom Eldorado Brasil MS

A autorização concedida pelo Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), para aumento de 17% na produção de celulose branqueada e a renovação da licença de operação da fábrica, na unidade Eldorado Brasil em Três Lagoas comprova o bom momento vivido pelo segmento florestal.

O levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Árvores (Ibá), no dia 21 de dezembro, apontou que as exportações brasileiras no setor registraram um crescimento de 11,4% com relação ao mesmo período de 2016 (janeiro a novembro), somando US$ 7,7 bilhões.

No estado, os números também são positivos, visto que o setor florestal foi responsável por 31,6% das exportações sul-mato-grossenses e continua a ocupar a 3ª colocação nacional na produção de eucalipto.

De acordo com a assessoria da Eldorado Brasil, a autorização do governo estadual possibilitará que a capacidade inicial da unidade salte de 1,5 milhão para 1.753.300 de toneladas por ano. A expectativa da companhia é alcançar esta quantidade ainda em 2017.

"O mercado, que é prioritariamente de exportação, segue positivo em 2018. Com crescimento da demanda de fibra curta, a Eldorado mantém uma performance forte, graças à uma equipe técnica qualificada, que permite elevar a produção em nossa linha atual sem a necessidade de grandes investimentos", afirma Fabio Nakano, gerente geral de fábrica.

Envie seu Comentário