11/09/2017 16h40

Em busca de informações sobre Guerra do Paraguai, pesquisador paulista visita fronteira

Em Ponta Porã, Ivan visitou o Acervo Cultural da Eva Mate Santo Antonio, onde foi recebido pelo curador do museu, Professor Domingos de Oliveira

Divulgação: Dora Nunes
 
 

O pesquisador Ivan Pereira Barbosa, da cidade paulista de Birigui, está concluindo um livro sobre a História da Guerra do Paraguai, ou Guerra Contra a Tríplice Aliança. O trabalho de pesquisa exige um aprofundamento sobre o tema e, necessariamente o autor precisa visitar alguns locais que tem relação com o tema do estudo.

Neste sentido, Ivan esteve visitando a fronteira para conhecer Cerro Corá, local em que ocorreu a última batalha da Guerra, no dia 1º de março de 1870. O pesquisador também visitou locais históricos e conversou com inúmeras pessoas moradoras da região.

Ele esteve em Bela Vista para conhecer detalhes da participação dos militares brasileiros e paraguaios no episodio que ficou conhecido como "Retirada da Laguna", dentre outros acontecimentos vinculados ao conflito.

Em Ponta Porã, Ivan visitou o Acervo Cultural da Eva Mate Santo Antonio, onde foi recebido pelo curador do museu, Professor Domingos de Oliveira. Também visitou o quartel do Regimento de Cavalaria Mecanizado, local em que recebeu atenção especial do sargento Zilmar.

O historiador fez questão de conversar com estudantes para aferir o conhecimento dos mesmos em relação ao conflito. Na Escola Municipal João Carlos Pinheiro Marques, conversou com alunos do 8º ano, juntamente com as professoras Lucimar, Luciana e a diretora Tania Loureiro.

Na Faculdade de Ponta Porã FAP/UNIESP, Ivan foi recebido pelos professores e alunos do curso de História. O coordenador do curso, Professor Anderson Vivan, fez questão de participar do encontro que serviu para que os alunos pudessem dialogar com um pesquisador que demonstrou toda a prática do trabalho de investigação em torno de um tema histórico.

Ivan foi acompanhado pelo professor Nivalcir Pereira de Almeida que o levou em diversos lugares históricos da fronteira, procurando apresentar ao pesquisador paulista a riqueza cultural existente na região, especialmente nas duas cidades de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero.

O pesquisador disse que o livro sobre a Guerra do Paraguai deverá ficar pronto nos próximos meses e, assim que for publicado, pretende retornar à fronteira para disponibiliza-lo à população especialmente ao segmento dos estudantes, tanto do ensino básico quanto do superior.

Texto e foto: Nivalcir Almeida

Envie seu Comentário