17/10/2017 05h50

IFMS inicia Semana de Ciência e Tecnologia com atividades abertas ao público em dez municípios

O evento é organizado para apresentação de projetos desenvolvidos por estudantes bolsistas do ensino superior.

Divulgação (TP)
 
 
Foto: IFMSFoto: IFMS

A edição 2017 da Semana de Ciência e Tecnologia do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) teve início nesta segunda-feira, 16. O evento é realizado em Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas, com parte das atividades abertas ao público.

Além das feiras de ciência e tecnologia, a Semana do IFMS oferece seminários, palestras, workshops, minicursos, visitas técnicas, além de apresentações culturais, mostra de cursos e observatório de ingressantes, profissões e egressos.

A programação completa em cada município está disponível na página da Semana, onde também é possível fazer a inscrição online na atividade de interesse. O endereço é www.ifms.edu.br/semanact.

Este ano, o tema do evento é "A Matemática está em tudo, o mesmo da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, organizada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

O pró-reitor de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação do IFMS, Marco Naka, destaca que a Semana integra ações de ensino, pesquisa e extensão, e que nos últimos oito anos houve um amadurecimento institucional para a realização do evento.

"A cada ano, o IFMS tem apresentado um nível de maturidade maior na execução da Semana de Ciência e Tecnologia, o que pode ser comprovado tanto no número recorde de trabalhos inscritos nas feiras científicas quanto na extensa e bem elaborada programação que cada campus organizou abordando a temática nacional do evento", complementou o pró-reitor.

Para a realização da Semana, os campi do IFMS receberam auxílio financeiro via Programa Institucional de Incentivo ao Ensino, Extensão, Pesquisa e Inovação (Piepi). Foram disponibilizados 33 mil reais para o custeio do evento.

Feiras de Ciência e Tecnologia – Nos dez municípios, serão realizadas feiras para apresentação de projetos de pesquisa desenvolvidos por estudantes do ensino fundamental, médio e de cursos técnicos integrados de instituições de ensino públicas e privadas.

Este ano, foram selecionados 673 trabalhos, número recorde desde que as feiras começaram a ser realizadas. Só na Capital, serão expostos 122 projetos de pesquisa. Na sequência, aparecem Três Lagoas (105), Ponta Porã (94) e Corumbá (80), seguidos por Coxim (55), Nova Andradina (53), Aquidauana e Naviraí (46 cada), Dourados (38) e Jardim (34).

Os projetos são nas áreas de Ciências Biológicas e da Saúde, Ciências Exatas e da Terra, Ciências Humanas Sociais Aplicadas e Linguística, Ciências Agrárias e Engenharias e Multidisciplinar, para trabalhos com mais de uma área de conhecimento predominante.

Confira a data das feiras por município:

Feira de Ciência e Tecnologia

Feira de Ciência e Tecnologia de Aquidauana (Feciaq) 16 e 17/10

Feira de Ciência e Tecnologia de Campo Grande (Fecintec) 19 a 21/10

Feira de Ciência e Tecnologia do Pantanal em Corumbá (Fecipan) 19 a 21/10

Feira de Ciência e Tecnologia de Coxim (Fecitecx) 19 e 20/10

Feira de Ciência e Tecnologia da Grande Dourados (Fecigran) 19 e 20/10

Feira de Ciência e Tecnologia da Região Sudoeste em Jardim (Fecioeste) 18 a 21/10

Feira de Ciência e Tecnologia de Naviraí (Fecinavi) 19/10

Feira de Ciência e Tecnologia de Nova Andradina (Fecinova) 17 e 18/10

Feira de Ciência e Tecnologia da Fronteira de Ponta Porã (Fecifron) 18 e 19/10

Feira de Ciência e Tecnologia de Três Lagoas (Fecitel) 17 e 18/10

Semict – Como parte integrante da Semana de Ciência e Tecnologia, o Campus Campo Grande sedia, em novembro, o Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica do IFMS (Semict).

O evento é organizado para apresentação de projetos desenvolvidos por estudantes bolsistas do ensino superior.

Envie seu Comentário