12/09/2017 16h

Mestrado Profissional em História abre 12 vagas na UEMS em Amambai

O público alvo do Mestrado em Ensino de História – ProfHistória são os professores que estão em sala aula

Divulgação: Dora Nunes
 

Marinete Zacharias Rodrigues e Viviane Scalon Fachin

O Programa de Mestrado Profissional em Ensino de História – ProfHistória, reconhecido pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) do Ministério da Educação, foi criado em 2012, tendo como objetivo proporcionar formação continuada aos professores da Educação Básica que ministram a disciplina de História. Além de ser uma excelente oportunidade para os professores se qualificarem na área de sua formação, o ProfHistória é um curso de Pós-Graduação presencial, com oferta simultânea em rede nacional, que conduz ao título de Mestre em Ensino de História, coordenado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, e tem contribuído de forma acentuada para a melhoria do exercício da docência na disciplina de História. O Programa ofertado pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, na Unidade Universitária de Amambai conta com uma equipe de professores(as) doutores(as) comprometidos(as) com as diversas disciplinas que ministram, com atividades, eventos e orientações dos mestrandos da primeira turma aprovada em 2016.

O público alvo do Mestrado em Ensino de História – ProfHistória são os professores que estão em sala aula, por isso optamos por ofertar as disciplinas em horários especiais, para que possam cursar o mestrado sem prejuízo de suas atividades de docência. As disciplinas do ProfHistória/UEMS/ são ministradas as sextas-feiras nos períodos vespertino e noturno e aos sábados nos períodos matutino e vespertino. O candidato interessado em cursar o Mestrado em Ensino de História/UEMS poderá obter informações sobre as inscrições para 2018, acessando o Edital Nacional de Acesso ao Mestrado Profissional em Ensino de História – ProfHistória/UEMS/U.U. Amambai.

As normas de realização do Exame Nacional de Acesso, incluindo os requisitos para inscrição, os horários e locais de aplicação do exame, o número de vagas em cada Instituição Associada, e os critérios de correção são definidos por Edital elaborado pela Comissão Nacional Acadêmica. O Regimente Geral do ProfHistória estabelece que o discente para concluir o Mestrado precisa cursar as disciplinas obrigatórias, as optativas condicionadas, a de livre escolha completa, além dos seminários de pesquisa e tutorial e, também elaborar a dissertação. É uma carga horária pesada.

O Edital de Seleção Nacional de Acesso ao ProfHistória seletivo para 2018 estabelece que poderão participar do Exame Nacional os candidatos que atendam aos seguintes pré-requisitos:

a) ser portador de diploma de curso superior de licenciatura, devidamente registrado no Ministério da Educação;

b) atuar como professor de História em qualquer ano da Educação Básica (Ensino Fundamental e Ensino Médio).

O Exame Nacional de Acesso 2018, realizado na data estabelecida no calendário, será composto de Prova Objetiva, contendo 20 questões de múltipla escolha, e Prova Discursiva, contendo uma questão, ambas de caráter eliminatório e classificatório. O candidato deverá ser capaz de responder a problemas propostos, refletindo sobre os temas fundamentais da disciplina História e de seu ensino A prova será realizada na Unidade Universitária de Amambai/UEMS.

A organização curricular do ProfHistória deve observar rigorosamente o projeto acadêmico pedagógico do Programa Nacional, estruturado nas seguintes Linhas de Pesquisa: 1ª) Saberes históricos no espaço escolar; 2ª) Linguagens e narrativas históricas: produção e difusão; 3ª) Saberes históricos em diferentes espaços de memória. O programa prevê 420 horas de atividades didático-pedagógicas a serem cumpridas em dois anos de mestrado e correspondem a 28 (vinte e oito) créditos entre disciplinas obrigatórias, incluindo o Trabalho de Final de Curso, e disciplinas optativas. A dissertação do ProfHistória tem por objetivo traduzir o aprendizado ao longo do percurso de formação bem como gerar conhecimento que possa ser disseminado, analisado e utilizado por outros profissionais dessa área nos diferentes contextos onde são mobilizadas diferentes formas de representação do passado.

É importante também destacar que o título no mestrado profissional é equivalente ao mestrado acadêmico.

E não há nenhuma interdição se, no futuro próximo, esse professor resolver seguir carreira acadêmica e fazer um doutorado. Podem matricular-se no ProfHistória diplomados em cursos de Licenciatura reconhecidos pelo Ministério da Educação, com atuação na disciplina escolar História na Educação Básica que atendam às exigências do Edital de Exame Nacional de Acesso ao ProfHistória. Os discentes serão matriculados nas Instituições Associadas, responsáveis por emitir o Diploma de Mestre em Ensino de História, uma vez cumpridos todos os requisitos para conclusão deste curso.

O Edital Nacional de Seleção para o Programa do Mestrado Profissional em Ensino de História – ProfHistória, de 2018, se encontra disponível no site: http://www.profhistoria.uerj.br

As inscrições iniciadas em 14 de julho se encerram em 28 de setembro de 2017. No ProfHistória/UEMS/Amambai serão ofertadas 12 vagas, as quais serão preenchidas por ordem decrescente do total de pontos obtidos no resultado final do processo seletivo. O valor da inscrição é de R$ 120,00 (cento e vinte reais).

No site da UEMS se encontram disponíveis os documentos relacionados ao ProfHistória Núcleo de Amambai/UEMS, e ao Edital de Seleção ao ProfHistória e seus anexos.

Site: http://www.uems.br

Na Página do Mestrado em História.

Página do ProfHistória Núcleo de Amambai: http://www.uems.br/pos_graduacao/detalhes/historia-profhistoria-mestrado-profissional

Endereço de contato: profhistorai.amambai@uems.br

Endereço Unidade Universitária de Amambai/UEMS.

Rua: José Sampaio Ferraz, 3353, Vila Gisele, CEP 79990-000.

Amambai/MS. Fone: (67) 3903 – 1204 e 3903-1181

Envie seu Comentário