08/12/2017 13h20

Pedro Chaves conquista curso de Medicina para Corumbá e Ponta Porã

Atualmente, grande parte dos jovens que moram na região fronteiriça de Mato Grosso do Sul com Paraguai e Bolívia preferem cursar Medicina nesses países do que mudar para Campo Grande, onde teriam que gastar com locomoção e moradia

Divulgação: Dora Nunes
 
 

Na noite de quinta-feira (07), o senador Pedro Chaves (PSC) recebeu ligação do ministro da Educação, Mendonça Filho, informando que a solicitação dele para aprovação do Curso de Medicina em Corumbá e Ponta Porã foi atendida pelo presidente da República, Michel Temer (PMDB). "Foi muito gratificante receber essa ligação. Esse curso foi muito esperado, batalhei muito para conseguir viabilizar essa oportunidade para jovens dessas regiões. Tenho certeza de que isso trará muitas conquistas em prol da saúde do nosso Estado", afirmou o senador.

Atualmente, grande parte dos jovens que moram na região fronteiriça de Mato Grosso do Sul com Paraguai e Bolívia preferem cursar Medicina nesses países do que mudar para Campo Grande, onde teriam que gastar com locomoção e moradia. Mas agora, com o empenho de Pedro Chaves, esses estudantes terão a oportunidade de estudar em seus municípios e o melhor, no próprio Brasil. "Há muitos tempo a população dessas localidades me reivindicam o referido curso e, agora, muitos jovens terão acesso ao sonho de fazer Medicina no próprio estado", ressaltou.

O projeto de criação e implantação do curso no Campus Pantanal estava aprovado pelo Conselho Universitário (COUN) da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, mas se encontrava em tramitação no Ministério da Educação. "Me esforcei muito para que o presidente Michel Temer e, especialmente o ministro da Educação, Mendonça Filho, liberassem o curso de Medicina para Corumbá e Ponta Porã. Estou muito feliz com essa conquista que beneficiará jovens de todo o Mato Grosso do Sul", finalizou o senador.

Pedro Chaves toma posse como novo imortal da Academia Sul-Mato-Grossense de Letras

O senador Pedro Chaves (PSC) toma posse na segunda-feira (11), como acadêmico na ASL (Academia Sul-Mato-Grossense de Letras), na cadeira de número nº 19, outrora ocupada pela professora Maria da Glória Sá Rosa e que tem como patrono João Guimarães Rosa. O evento acontece às 19h30, na sede da instituição (Rua 14 de Julho nº 4715, Altos do São Francisco), em Campo Grande.

Autor do livro "Vencendo Desafios" (obra autobiográfica com 276 páginas), o senador vai se tomar um ‘imortal’. Para ele, a posse na ASL é um marco histórico em sua trajetória de vida. "A conquista de uma cadeira na Casa de Ulisses Serra é um privilégio, uma vitória que o trabalho e a educação me proporcionaram", destacou Pedro Chaves.

Na abertura do evento haverá uma breve pauta artística (três músicas) com os cantores/compositores Celito e Gilson Espíndola. Em seguida, conforme rito próprio da solenidade, a acadêmica Marisa Serrano fará a saudação ao novo imortal da ASL.

Para Pedro Chaves, é um orgulho participar de um grupo tão seleto de pessoas que contribuem para a cultura de Mato Grosso do Sul. "É uma honra e uma responsabilidade muito grande entrar para a Academia Sul-Mato-Grossense de Letras e ocupar a mesma cadeira da minha querida amiga Glorinha Sá Rosa, uma referência da cultura em nosso estado. Serei eternamente grato aos colegas acadêmicos e tudo farei para fortalecer, cada vez mais, a nossa instituição, incentivando a leitura e trabalhando com muito afinco pela educação, que é a marca da minha vida".

Pedro Chaves é educador, senador, palestrante, articulista e escritor. É Conselheiro do Instituto Histórico e Geográfico de MS, Conselheiro do SOS Pantanal e Membro do Conselho Regional de Economia de MS. É formado em Economia pela Universidade de Campinas, possui curso de formação educacional universitária na Universidade de Michigan-USA. É doutor Honoris Causa, pelo Centro Universitário de Brasília e autor do livro "Vencendo Desafios" (obra autobiográfica com 276 págs).

Envie seu Comentário