20/02/2018 07h10

Circuito brasileiro: João Pessoa (PB) recebe etapa pela 28ª vez e paraibanos esperam fazer bonito

Etapa presente desde a estreia do tour nacional contou com atletas da casa levantando o título em 2017 e 2015

Por: Tião Prado
 
 
Disputa terá entrada franca à torcida na arena montada na Praia de Cabo Branco (Divulgação/CBV)Disputa terá entrada franca à torcida na arena montada na Praia de Cabo Branco
(Divulgação/CBV)

A única cidade presente em todas as etapas do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia promete mais uma festa nesta semana. João Pessoa (PB) recebe de quarta-feira (21.02) a domingo (25.02) a quinta etapa da temporada 2017/2018 do maior torneio do país. Os jogos acontecem na arena montada na Praia de Cabo Branco, altura do número 1.700, com entrada gratuita.

Será a 28ª vez que a cidade recebe uma etapa do torneio, estando presente ano a ano desde a criação do circuito, em 1991. As partidas da quadra central terão transmissão ao vivo no Facebook da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) de quinta a sábado. Já as disputas de medalha (sábado e domingo) serão exibidas ao vivo com exclusividade pelo canal SporTV.

 
Álvaro (esq) e Vitor Felipe foram campeões e encerraram jejum em 2015 (Divulgação/CBV)Álvaro (esq) e Vitor Felipe foram campeões e encerraram jejum em 2015
(Divulgação/CBV)

E os paraibanos esperam manter o bom retrospecto em casa. Em 2017, o campeão mundial Sub-19 e Sub-21 George (PB) ficou com o ouro jogando ao lado de Thiago (SC). Em 2015, Álvaro Filho e Vitor Felipe (PB), que agora estão com outros parceiros, conquistaram o ouro. Vice-líder do ranking geral ao lado de Guto (RJ), Vitor explicou a preparação para a etapa.

"Treinamos por uma semana em Saquarema, no Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV), que oferece uma estrutura maravilhosa para as duplas. Trabalhamos muito forte, estamos motivados. Álvaro e eu conseguimos encerrar um longo jejum dos paraibanos sem vencer em casa em 2015, e o George também manteve nosso estado bem representado no ano passado. Guto e eu estamos evoluindo como time, crescendo de rendimento e espero contar com aquela torcida incrível, que sempre lota a arena", disse Vitor.

Quem também possui boas recordações de João Pessoa (PB) é a sergipana Duda, que foi campeã em 2017 no primeiro torneio que disputava ao lado de Ágatha (PR). A tricampeã mundial Sub-19 e bicampeã mundial Sub-21 também aprovou o período de treinos em Saquarema e espera contar novamente com a torcida da casa.

"É uma cidade que dá muita sorte para nosso time. Queremos pegar essa torcida e energias boas do ano passado, vai ajudar a jogar bem, felizes, unidas. Espero que consigamos ter outro ótimo resultado para nosso time. Fizemos uma preparação muito completa no CDV, em Saquarema, estamos satisfeitas e querendo ver os resultados em quadra", destacou.

As etapas do Circuito Brasileiro contam com 24 times em cada gênero, sendo 16 já classificados pela pontuação no ranking de entradas e outros oito times que se garantem pela disputa do classificatório, onde as duplas disputam partidas eliminatórias diretas com os ‘sobreviventes’ avançando à fase principal da competição.

Na fase de grupos, os 24 times de cada naipe são divididos em seis chaves de quatro. Os primeiros e segundos colocados de cada grupo, além dos quatro melhores terceiros, vão para as oitavas de final. Desta fase em diante o torneio segue em formato eliminatório direto até a decisão. A final feminina acontece na tarde de sábado (24.02), enquanto a disputa do ouro no torneio masculino fica para a manhã de domingo (25.02).

No torneio masculino, as 16 duplas já garantidas pelo ranking são Evandro/André (RJ/ES), Guto/Vitor Felipe (RJ/PB), Alison/Bruno Schmidt (ES/DF), Álvaro Filho/Saymon (PB/MS), Hevaldo/Arthur Lanci (CE/PR), Ramon Gomes/Fernandão (RJ/ES), Jô/Léo Vieira (PB/DF), Thiago/Marcus Borlini (SC/ES), Harley/Jeremy (DF/RJ), Moisés/Ferramenta (BA/RJ), Lipe/Fábio Bastos (CE), Nilton/Anderson Melo (RO/RJ), Vinicius/Luciano (ES), Eduardo Davi/Ricardo (PR/BA), Benjamin/Pedro Henrique (MS/PB) e Averaldo/Bernardo Lima (TO/CE).

Já as 16 duplas femininas classificadas pelo ranking são Carol Solberg/Maria Elisa (RJ), Ágatha/Duda (PR/SE), Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ), Thati/Taiana (PB/CE), Val/Ângela (DF/RJ), Tainá/Victoria (SE/MS), Josi/Lili (SC/ES), Juliana/Andressa (CE/PB), Maria Clara/Carolina Horta (RJ/CE), Andrezza/Rachel (AM/RJ), Izabel/Renata (PA/RJ), Luiza Amélia/Semírames (CE/SP), Naiana/Vivian (CE/PA), Vitória/Juliana Simões (RJ/PR) e Sandressa/Neide (AL).

Após quatro etapas disputadas, Evandro e André Stein (RJ/ES) lideram o ranking geral da temporada 2017/2018 com 1.400 pontos conquistados, mas são seguidos de perto por Vitor Felipe/Guto (PB/RJ), com 1.280. No feminino, Maria Elisa e Carolina Solberg (RJ) lideram com 1.520 pontos, seguidas por Ágatha/Duda (PR/SE), com 1.360 pontos.

O Circuito Brasileiro é composto por sete etapas, três que foram realizadas em 2017 - Campo Grande (MS), Natal (RN) e Itapema (SC) - e mais quatro neste ano. Além de Fortaleza (CE) e agora João Pessoa (PB),o torneio irá a Maceió (AL), de 14 a 18 de março, e Aracaju (SE), de 4 a 8 de abril. Ainda em abril ocorre também o Superpraia, que reúne os melhores times da temporada e será disputado de 25 a 29, em Brasília (DF).

Envie seu Comentário