27/02/2018 08h20

Circuito mundial: Brasil defende títulos de etapa dos EUA, no primeiro Major Series da temporada

País será representado por cinco times no naipe masculino e quatro duplas do torneio feminino.

Por: Tião Prado
 
 
Arena da etapa de 2017 do Major Series dos EUA (Divulgação)Arena da etapa de 2017 do Major Series dos EUA
(Divulgação)

O primeiro torneio cinco estrelas da temporada 2018 do Circuito Mundial acontece nesta semana, em Fort Lauderdale (EUA), com o Brasil defendendo títulos no naipe masculino e feminino. Serão nove duplas representando o país, seis delas já garantidas na fase de grupos, e outras três na disputa da vaga através do classificatório. Os jogos acontecem de terça-feira (27.02) a domingo (04.03) e o SporTV transmite as disputas de medalhas.

No naipe masculino, Alison/Bruno Schmidt (ES/DF), Evandro/André Stein (RJ/ES) e Vitor Felipe/Guto (PB/RJ) já estão na fase de grupos pela pontuação que possuem no ranking de entradas. Eles entram em quadra a partir de quarta-feira (28.02). Já Álvaro Filho/Saymon (PB/MS) e Pedro Solberg/George (RJ/PB) disputam o classificatório para conquistarem a vaga.

André Stein, campeão da etapa de João Pessoa (PB) do Circuito Brasileiro no último domingo (25.02), e vice-campeão em Fort Lauderdale na temporada passada, comentou a expectativa para a competição da qual ele possui boas recordações.

"Foi a primeira etapa do Circuito Mundial que disputamos juntos, logo no início da parceria, e já alcançamos a decisão. Essa conquista em João Pessoa (PB) dá confiança, estamos conseguindo fazer o jogo fluir, ter um bom equilíbrio entre bloqueio e defesa. Espero que possamos ter um bom resultado e representar o Brasil da melhor forma", disse André.

O naipe feminino terá as seguintes duplas brasileiras já na fase de grupos: Ágatha/Duda (PR/SE), Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ) e Maria Elisa/Carol Solberg (RJ). Já o time do classificatório será definido ainda nesta segunda (26.02), após a disputa do country quota entre Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE), Josi/Lili (SC/ES) e Taiana/Carol Horta (CE).

O ‘country quota’ é uma disputa eliminatória realizada na véspera das etapas entre os três times mais bem classificados – com exceção das duplas já garantidas na fase de grupos. Esta disputa define o representante brasileiro para o classificatório.

 
Duda durante disputa da final em 2017 (tinefoto.com/martin steinthaler)Duda durante disputa da final em 2017
(tinefoto.com/martin steinthaler)

Vice-campeã em 2017, Duda destacou a importância de largar bem em um dos eventos com pontuação mais alta. A sergipana, assim como André, também chega embalada pelo título da etapa de João Pessoa do Circuito Brasileiro.

"Sabemos da qualidade técnica e do nível dos times, então temos que estar muito concentradas. As etapas de cinco estrelas possuem uma pontuação muito alta e são importantes para o ranking. Também é um evento especial, com público participando, clima de praia. Vamos fazer nosso melhor em busca de uma medalha".

O Brasil defende o título dos dois naipes. Álvaro Filho/Saymon (PB/MS) e Larissa/Talita (PA/AL) foram os vencedores em 2017, mas a dupla do torneio feminino não estará em ação, já que Talita está grávida e temporariamente fora de ação. Ao todo são mais de 120 equipes masculinas e femininas de 34 países na disputa. O time campeão recebe um prêmio de 40 mil dólares e 1200 pontos no ranking geral da temporada.

Fort Lauderdale, que ao todo distribui 600 mil dólares em premiações aos atletas participantes, recebe uma etapa do Circuito Mundial pela terceira vez. Em 2015, a cidade foi sede do World Tour Finals quando Alison/Bruno Schmidt e Larissa/Talita subiram no lugar mais alto do pódio. Fora em 2016, voltou ao calendário com o Major no ano passado.

Contando todas as etapas já realizadas nos Estados Unidos, o Brasil soma 10 medalhas de ouro no torneio masculino e 11 no feminino, com um total de 42 medalhas conquistadas. O Brasil venceu as últimas cinco paradas americanas e busca manter a hegemonia no país.

Envie seu Comentário