Esportes

Dourados será cidade sede Paralímpica em setembro

As medidas quanto à acessibilidade no local do evento, segurança e a disponibilização de equipe de socorro médico, entre outras exigências do Comitê estão sendo direcionadas pela gestão municipal.

17/06/2018 07h40 - Douradosagora

 
Dourados tem atletas que se destacam em diferentes modalidades paralímpicas Foto: ArquivoDourados tem atletas que se destacam em diferentes modalidades paralímpicas
Foto: Arquivo

Dourados foi selecionada pelo Comitê Paralímpico Brasileiro para ser uma das 48 cidades sedes do Festival Paralímpico, dia 22 de setembro, evento em comemoração ao Dia do Atleta Paralímpico. A Prefeitura de Dourados, por meio da Funed (Fundação de Esportes), intermediou para que o município fosse escolhido e o Comitê definiu as sedes e encaminhou as definições sobre a estrutura necessária. As cidades realizarão simultaneamente o evento com o objetivo de incentivar o esporte, em especial aos atletas paralímpicos.

Por meio da equipe técnica, a Funed definiu que no município as modalidades do evento serão bocha adaptada, atletismo e basquete sobre rodas. Toda a programação será no período matutino, no Clube Indaiá. Em Mato Grosso do Sul, além de Dourados, a capital também sediará o evento.

O diretor da Funed, Jânio César da Silva Amaro, diz que um evento como este, inédito em Dourados, foi possível diante de direcionamentos da prefeita Délia Razuk, o empenho da Fundação, a notoriedade que a equipe "Dourados Sobre Rodas" angariou em nível nacional e o apoio de instituições parceiras.

"A prefeita Délia Razuk solicitou que buscássemos essa condição (de sede), dentro do entendimento de valorizar a prática esportiva no município. E foi por meio da atuação de toda a equipe e, principalmente, dos recentes resultados alcançados pela equipe Dourados Sobre Rodas em competições nacionais que foi possível trazer essa ação, a primeira do tipo que acontece no município", comenta Jânio Amaro.

 
Organizadores e apoiadores do evento se reuniram na Prefeitura, na manhã desta quinta, para debater ações do evento Foto: A. FrotaOrganizadores e apoiadores do evento se reuniram na Prefeitura, na manhã desta quinta, para debater ações do evento
Foto: A. Frota

A coordenadora de Educação Física Escolar da Rede Municipal de Ensino, professora Marisa Araújo, reuniu os apoiadores e equipe na manhã desta quinta-feira, na Prefeitura de Dourados, para tratar sobre a estruturação do evento.

Ela explica que 150 crianças e adolescentes serão envolvidas nas modalidades, sendo 120 com algum tipo de deficiência – física, visual e intelectual. Trinta vagas ficam em aberto para crianças e adolescentes sem deficiência. As inscrições serão para a faixa etária de 6 a 17 anos.

O professor Antônio de Souza Pietramale, que coordena o Projeto Dourados Paralímpico, e que também está à frente do evento, tem feito convites a participantes. As inscrições estão abertas e informações podem ser obtidas na Funed.

As medidas quanto à acessibilidade no local do evento, segurança e a disponibilização de equipe de socorro médico, entre outras exigências do Comitê estão sendo direcionadas pela gestão municipal. Para este apoio, as secretarias de Educação e de Saúde estão unidas à Funed.

O Clube Indaiá, a Anhanguera e UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) são parceiros na realização do evento.

Envie seu Comentário