22/02/2018 09h350

Fundesporte apura danos ao erário em convênios firmados em 2014

Convênios repassaram cerca de R$ 64,7 mil a associações

Midiamax
 
 
Foto: Dourados NewsFoto: Dourados News

Três convênios antigos da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul) que autorizaram o repasse de mais de R$ 64,7 mil a organizações esportivas estão sob tomada de contas para apurar possíveis danos ao erário.

A informação foi divulgada em três portarias para instauração das tomadas de contas especiais assinadas pelo diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda, nesta quinta-feira (22).

Os três convênios datam de 2014. Em um deles, a Federação de Luta Livre Submission de MS recebeu R$ 29,9 mil para promover um encontro de praticantes de MMA, com o objetivo de formar esportistas das artes marciais no Estado.

Outro convênio repassou R$ 18,6 mil para a o Centro de Apoio ao Portador de Deficiências Físicas de Dourados, para apoio financeiro ao Projeto "7ª Copa Dourados de Basquete sobre Rodas". O terceiro convênio investigado autorizou o repasse de R$ 16,1 mil à Associação de Amigos do Pa. Geraldo Garcia, que visava a manutenção de escolas de futebol e futsal de menores no município de Sidrolândia.

Segundo as publicações assinadas pelo presidente da Fundesporte, serão montadas comissões que irão avaliar possíveis danos ao erário causados pelos convênios, e calcular ressarcimentos. Os trabalhos devem ser concluídos em até 120 dias.

Envie seu Comentário