29/01/2018 05h10

Sete e Águia empatam e desperdiçam chance de liderar o grupo

Jogou foi bastante movimentado no Douradão com polêmicas e bom público.

GazetaMS
 
 
Confronto no Douradão teve presença de bom público (Foto: Franz Mendes)Confronto no Douradão teve presença de bom público (Foto: Franz Mendes)

Sete de Dourados e Águia Negra fizeram um jogo movimentado neste domingo no Douradão. O resultado de 1 a 1 foi visto como justo pelos dois times, mas ao mesmo tempo o placar de igualdade tirou a chance de uma dessas equipes terminar a rodada na liderança do Grupo B do Estadual 2018. Pouco mais de 700 torcedores assistiram o confronto que também teve transmissão da televisão para todo Estado.

Do lado do time da casa, o técnico Márcio Santos optou por recuar o volante Baiano para a zaga e lançar a estreia do douradense Gilton no meio-campo. Já o Águia Negra mais uma vez não pode contar com o técnico Virgílio Ferreira no banco de reservas devido a uma suspensão imposta ainda em 2017 e foi substituído pelo preparador de goleiros Márcio.

Os primeiro minutos foram de estudo de ambos os times. Quando o Sete colocou a bola no chão chegou ao seu gol. Aos 15 minutos, Cafú tabelou com Kéverson e cruzou para a área. O goleiro Matheus falhou na tentativa de interceptar a bola e Juvenil apenas teve o trabalho de empurrar para o gol vazio: 1 a 0.

Com o gol, o Sete passou a ter o controle da posse de bola, mas um erro da defesa fez a história do jogo mudar. Após cruzamento da esquerda, o lateral do Sete, Digão, não conseguiu alcançar a bola e na sequência tocou com a mão. Pênalti que foi muito constestado pelo time da casa. Na cobrança, o meia Leandro Branco deixou o placar igual aos 23.

O gol abalou o Sete que passou a errar muitos passes e o Águia Negra soube aproveitar para criar boas oportunidades. Na melhor delas, o goleiro Diego fez grande defesa cara-a-cara com o atacante Preto.

Se o Águia terminou o primeiro tempo melhor, o segundo dominou completamente o time da casa, mas o domínio não foi transformado em grandes oportunidades de gols. O estreante Gilton foi expulso aos 38 minutos após falta no campo de ataque e recebimento do segundo cartão amarelo. O mesmo aconteceu com Rilber aos 42 pelo lado do Águia Negra.

O Seta ainda reclamou de pênalti em Keverson que não foi marcado, mas placar permaneceu no empate até o apito final.

Com o resultado, o Águia Negra caiu para segunda posição com cinco pontos em três jogos, um atrás do Corumbaense que venceu o Urso em Mundo Novo. O Sete é o terceiro com quatro pontos em dois jogos. Operário AC fecha o G4 com um ponto em dois jogos. Já o Urso ainda não pontuou em três jogos até o momento e é o lanterna.

Na próxima rodada, o Sete vai a Corumbá duelar com o Corumbaense no sábado às 18h. Já o Águia Negra folga na rodada e joga apenas no dia 10 diante do Corumbaense em Rio Brilhante.

Por Renato Giansante

Envie seu Comentário