No Paraguai

Jovem que participou de execução no último dia do ano é preso na fronteira

O rapaz acumulava passagens por roubo, tentativa de homicídio, além do envolvimento em muitos outros assassinatos cometidos na região

12/01/2019 06h10 - Campograndenews

 
Rapaz ainda tentou fugir, mas foi preso em sua residência. (Foto: ABC Color)Rapaz ainda tentou fugir, mas foi preso em sua residência. (Foto: ABC Color)

Foragido pelo crime de homicídio, o jovem Douglas Danilo Colmán, de 18 anos, foi preso na tarde desta sexta-feira (11) em sua residência em Pedro Juan Caballero, PY, cidade que Faz fronteira com Ponta Porã.

Ele é acusado de ser um dos dois envolvidos na execução a tiros de Isabelino Ramón Arguello Soria, de 33 anos, no último dia 31 de dezembro, na cidade. Colmán foi localizado graças ao trabalho do setor de inteligência da policia de fronteira.

Na tarde desta sexta-feira (11) ele ainda tentou fugir ao notar a presença dos policiais em sua residência, mas foi contido. O rapaz acumulava passagens por roubo, tentativa de homicídio, além do envolvimento em muitos outros assassinatos cometidos na região.

Em sua residência os policiais ainda encontraram uma pistola calibre 9 mm, 33 munições intactas e uma motocicleta que foi usada na noite do assassinato de Isabelino Ramón.

Execução –

Era madrugada de segunda-feira, dia 31 de dezembro, quando Isabelino foi fuzilado em frente à uma discoteca, enquanto estava em uma caminhonete Kia, de cor branca. Douglas e um comparsa em uma moto, passaram atirando no veículo e fugiram logo em seguida.

A vítima apresentava antecedentes criminais por roubo agravado e homicídio doloso. A polícia suspeita que a morte seria um "ajuste de contas".

Envie seu Comentário