24/01/2018 08h50

Adolescente é detido com arma de fogo em Amambai

Magnum calibre 357 estava com quatro munições no tambor.

Agazetanews
 
 
O Magnum 357 apreendido em poder do adolescente. (Foto: Divulgação/A Gazetanews)O Magnum 357 apreendido em poder do adolescente. (Foto: Divulgação/A Gazetanews)

A Polícia Militar apreendeu nessa segunda-feira, 22 de janeiro, um adolescente de 17 anos de posse de uma arma de fogo, em Amambai.

O jovem residente na Vila Indiana foi apreendido na região do bairro onde mora quando a guarnição realizava policiamento preventivo e notou que ao avistar a viatura policial, ele tentou se desfazer da arma, que estava em sua cintura.

O revólver calibre 357 Magnum, marca Colt, que estava com quatro munições no tambor, foi apreendido e entregue, juntamente com o jovem, na Delegacia de Polícia Civil de Amambai, onde o adolescente teve o auto de apreensão em flagrante lavrado pelo crime de posse de arma de uso restrito.

Submetido a audiência de custódia junto ao Poder Judiciário em Amambai na tarde dessa terça-feira (23), o rapaz foi liberado pelo juiz para responder ao ato infracional em liberdade.

Furtos em Amambai

Um homem de 53 anos procurou a Delegacia de Polícia Civil em Amambai nessa terça-feira, 23 de janeiro, para denunciar um furto ocorrido em uma chácara.

Segundo relatou Ailton Paulino da Silva à polícia, pessoas não identificadas teriam adentrado na propriedade rural, situada às margens da Rodovia MS-156, em Amambai e furtado bomba d´água, roupas de cama, carrinho de mão, enxada, pá, espelhos e armários. O caso está sendo investigado.

Na noite de domingo, 21 de janeiro, a Polícia Militar prendeu um homem de 28 anos, sob acusação de furto em uma construção situada na região da Vila Alva, em Amambai.

De acordo com a ocorrência policial, Rodrigo Nunes Carvalho foi detido quando supostamente furtava tijolos da construção.

Segundo relatou a polícia na ocorrência, no ato da abordagem o acusado estava com seu pick-up, um Saveiro cor branca, estacionado de ré na construção e na carroceria do veículo estavam 101 tijolos, supostamente subtraído da obra.

Indagado, Rodrigo teria dito aos policiais que estava pegando os tijolos para "montar uma churrasqueira", posteriormente iria informar o proprietário da construção, que segundo ele é seu amigo, que havia pegado os tijolos.

Segundo relatou à polícia o construtor responsável pela obra, um homem de 35 anos, vinha sumindo materiais como tijolos e treliças de 12 e 14 metros da construção.

Encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil em Amambai, Rodrigo Nunes, que não tinha antecedentes criminais, foi autuado em flagrante pelo crime de furto e liberado para responder ao processo em liberdade, segundo a Polícia Civil, após pagar fiança de R$ 3 mil..

Envie seu Comentário