25/01/2018 08h50

Assaltantes obrigam refém a transmitir assalto ao vivo pelo Facebook

O fato foi em Ribeirão Preto, interior de São Paulo

Correio Brasiliense
 
 

Seis pessoas da mesma família foram feitas reféns por cinco assaltantes durante um roubo, na madrugada desta quarta-feira (24/1), em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. A polícia foi até o local e os assaltantes obrigaram as vítimas a fazerem um vídeo ao vivo no Facebook antes de se entregarem.

Segundo o boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada para atender um roubo em andamento por volta de 1h. Quando a polícia chegou ao local, encontrou um carro Renault Sandero estacionado em frente à residência. Quando os policiais se aproximaram, uma mulher saiu do veículo e gritou para avisar aos outros criminosos que ainda estavam dentro da casa.

A polícia deteve a mulher e encontrou no veículo alguns pertences roubados pelos ladrões: três TVs, aparelhos celulares e diversas joias. Ao escutarem o alerta da comparsa que estava no carro, dois assaltantes tentaram fugir pelos fundos da casa, mas foram detidos pela PM. Outros dois ficaram dentro da residência e fizeram a família refém.

A polícia cercou a residência e iniciou negociação com os dois assaltantes para que soltassem as vítimas e se rendessem. Após uma hora de conversa, eles resolveram se entregar e, para garantir que saíssem com segurança, os criminosos pediram para uma das vítimas filmar e transmitir, ao vivo, o momento na rede social.

Um dos assaltantes diz, na filmagem, que os policiais queriam matá-lo. No vídeo, é possível ver os dois homens descarregando as armas e as jogando pela janela antes de a PM entrar na casa. "Nós perdeu para a polícia, certo. Nós quer sair vivo, nós quer sair numa boa (SIC). Está cheio de viatura aí fora querendo matar", falou um dos assaltantes.

De acordo com o registro na delegacia, os cinco criminosos foram presos em flagrante e aguardam audiência de custódia. Todos os objetos foram devolvidos à família.

Envie seu Comentário