03/01/2018 17h40

Casal é preso acusado de matar pintor em Sorriso.

Vítima estava pintando muro quando foi baleada; ele não resistiu e morreu ainda no local do crime.

Mídianews
 
 
Polícia Civil prendeu o casal na tarde desta terça-feira (2).Polícia Civil prendeu o casal na tarde desta terça-feira (2).

Um casal autor do homicídio que vitimou um pintor no município de Sorriso (420 km ao Norte), na tarde de terça-feira (02.01), foi identificado e preso poucas horas após o crime, durante ação integrada da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar.

O suspeito, V.P.S, 19, foi autuado em flagrante por homicídio qualificado cometido à traição, emboscada, ou mediante dissimulação ou outro recurso que dificulte ou torne impossível a defesa do ofendido. Sua esposa, A.A.L. de 17 anos, autora dos disparos da arma de fogo, foi autuada no ato infracional análogo ao mesmo crime.

O homicídio ocorreu na tarde de terça-feira (02), em um mercado situado no bairro Jardim Primavera.

Na ocasião, Robert Nascimento de Sousa, 28, pintava o muro do estabelecimento comercial, quando uma motocicleta se aproximou e, a pessoa que estava na garupa com uma arma de fogo, atirou contra a vítima, que atingida caiu da escada e morreu no local.

Logo que a Polícia Civil foi acionada, os investigadores iniciaram as diligências conseguindo rapidamente levantar a identificação dos autores do homicídio. Com base nas suspeitas, as informações foram repassadas para Polícia Militar da cidade, que logrou êxito em localizar o casal procurado.

Conduzidos à Delegacia de Polícia, ambos foram ouvidos pelo delegado de polícia Nilson André Farias de Oliveira, sendo respectivamente preso e apreendida em flagrante delito.

Na entrevista, a adolescente que já possuiu internação por tráfico de drogas e roubo, assumiu os fatos, alegando o motivo de um desentendimento anterior ocorrido com Robert. Já o seu marido, permaneceu calado durante todo o interrogatório.

Conforme a apreendida A.A.L., Vinícius era quem pilotava a motocicleta e a adolescente na garupa disparou contra a vítima.

Após a confecção dos autos, o jovem foi encaminhado para Cadeia Pública de Sorriso e, representado pelo mandado de internação em desfavor da menor infratora.

Envie seu Comentário