22/03/2018 06h20

Dupla é presa depois de oferecer R$ 100 mil de suborno para policiais

Eles foram flagrados com pneus sem documentação na BR-158.

Correio do Estado
 
 
Pneus estavam dentro do Meriva - Foto: Divulgação / PREPneus estavam dentro do Meriva - Foto: Divulgação / PRE

Homem, de 32 anos, e uma mulher, de 37 anos, foram presos por desacato e corrupção ativa depois de oferecerem R$ 100 mil a policiais rodoviários estaduais durante abordagem, na BR-158, em Brasilândia. Dupla estava com 78 pneus trazidos do Paraguai sem documentação.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), durante fiscalização da operação Tabaco e Carga Pesada, foi dada ordem de parada ao veículo Meriva, onde estavam os homens. Eles demonstraram nervosismo e contradições sobre a origem e destino da viagem e, diante da suspeita, foi feita revista no veículo.

No carro foram encontrados vários pneus trazidos do Paraguai sem a documentação exigida por lei para importação. Policiais informaram que os pneus seriam encaminhados à cidade de Três Lagoas para serem recolhidos.

Durante deslocamento, na BR-158, condutor parou o veículo alegando problemas mecânicos e aproveitou o momento para oferecer propina de R$ 100 mil de propina para serem liberados.

Por conta da tentativa de suborno, foi dada voz de prisão aos suspeitos, momento em que eles fugiram em direção a cidade de Paulicéia (SP), trafegando em alta velocidade e fazendo ultrapassagens proibidas na rodovia.

Depois de perseguição, veículo foi interceptado e motorista ainda tentou agredir os policiais e a passageira tentou impedir a prisão. Equipe da Polícia Civil foi ao local prestar apoio e encaminhou os suspeitos até a delegacia.

Os pneus apreendidos foram encaminhados à Receita Federal de Campo Grande. Suspeitos foram autuados por desobediência, desacato, resistência, direção perigosa e corrupção ativa.

Envie seu Comentário