05/03/2018 13h40

Ladrão que ajudou primo a roubar R$ 450 mil é preso ao buscar filhos na escola

Foi apresentado pela Polícia nesta segunda

Midiamax
 
 
Foto: Cleber GellioFoto: Cleber Gellio

Foi apresentado pela Polícia Civil nesta segunda-feira (5) Diogo Pinheiro Martins, suspeito de ter participado de um roubo a uma empresa, na Vila Carlota. O roubo aconteceu em janeiro deste ano, e ele foi preso na última sexta-feira (2), em Aral Moreira, MS.

Segundo a polícia, Diogo confessou a participação no crime. O roubo aconteceu depois de supostamente ser arquitetado por Dulcelino Monges da Silva que teria chamado o primo da vítima para participar do crime. Como aconteceu: no dia 22 de janeiro, o primo e também autor do roubo chegou a empresa e depois de tocar a campanhia teve a porta aberta pela vítima de 51 anos.

Mas, na companhia do primo do dono da empresa estavam Dulcelino e Diogo que anunciaram o assalto roubando do local R$ 50 mil em dinheiro e mais R$ 400 mil em cheques. Após o roubo eles fugiram.

De acordo com informações da polícia, Dulcelino traçou as rotas de fuga e ofereceu uma residência para se esconderem depois do crime. Diogo fugiu para a fronteira e Dulcelino acabou descoberto.

Em depoimento, inicialmente o primo da vítima tentou negar, mas entrou em contradição e acabou confessando ter participado do roubo. Ele irá responde em liberdade. Já Diogo foi descoberto morando em Aral Moreira e na última sexta (2) depois de buscar os filhos na escola recebeu voz de prisão.

Diogo estava foragido do semiaberto de Goiás, onde cumpria pena. As armas usadas para cometer o assalto teriam sidoi vendidas por Diogo.

Envie seu Comentário