Tocantins

PF prende 28 em ação contra tráfico internacional de drogas

Segundo a investigação, a quadrilha transportou mais de nove toneladas de cocaína entre 2017 e 2018.

22/02/2019 06h10 - G1

 

A Polícia Federal do Tocantins prendeu 28 pessoas e apreendeu 11 aviões numa operação contra o tráfico de drogas.

A operação em sete estados e no Distrito Federal prendeu pilotos e o empresário João Soares Rocha, suspeito de chefiar a quadrilha. Os policiais também apreenderam peças e aviões adulterados.

Segundo a investigação, a quadrilha transportou mais de nove toneladas de cocaína entre 2017 e 2018. Foram 23 voos com 400 quilos da droga, em média, cada um.

A polícia afirmou que a droga saia dos países produtores, como Colômbia e Bolívia, e seguia para Venezuela, Honduras, Suriname e Guatemala, onde era redistribuída para os Estados Unidos, países da União Europeia e aqui para o Brasil. E que até um submarino foi usado no transporte da droga.

 

A quadrilha elaborava planos de voos irregulares, com rotas para escapar do controle aéreo e dos radares da aeronáutica. As viagens eram perigosas e com riscos de acidente.

"O fato de ser uma adaptação da fabricação original da aeronave colocava em risco, não só os pilotos, mas também a segurança aérea", disse o delegado federal Marcelo Botelho.

Na operação desta quinta-feira (21), a Justiça Federal determinou também o sequestro de 13 fazendas e de cerca de 10 mil cabeças de gado e ainda a inclusão de seis traficantes internacionais na lista da Interpol.

A defesa de João Soares Rocha afirmou que ele exerce atividade lícita, tem endereço físico e aguarda os autos para se manifestar.

Envie seu Comentário