Programa Mulher Segura

PM, PC e Guardas Municipais estão prontos para atuar na violência contra a mulher em Ponta Porã

Seis (06) agentes da Guarda Civil foram capacitados pelo PROMUSE, a convite da Polícia Militar.

08/12/2018 09h50 - Divulgação (TP)

 
Foto: Divulgação (GCMF)Foto: Divulgação (GCMF)

Aconteceu na manhã desta sexta-feira (7), no Centro Internacional de Convenções, a cerimônia de encerramento de curso do Programa Mulher Segura (PROMUSE) que tem como seu precursor a Polícia Militar do Estado de Mato Grosso do Sul. O objetivo da instituição é aprofundar a consciência dos agentes de Segurança Pública, militares e civís, e também fortalecer a rede de integração de órgãos governamentais e não governamentais, envolvidos na proteção, promoção e garantia dos direitos da mulher.

Durante a sua fala, o comandante do 4º Batalhão de Policia Militar de Ponta Porã, Major Carlos Magno da Silva, ressaltou a importância que a Guarda Civil Municipal de Fronteira (GCMFron) tem na Segurança Pública do município. Sob o comando de Marcelino Nunes de Oliveira, Secretário Municipal de Segurança, segundo o comandante a Guarda, tem somado forças com a Polícia Militar e também é parceira nesta luta pelos direitos e proteção das mulheres em Ponta Porã.

Seis (06) agentes da Guarda Civil foram capacitados pelo PROMUSE, a convite da Polícia Militar, e estão preparados para atuar em ações conjuntas, com a Polícia Militar, Polícia Civil e demais forças de segurança, em situações de complexidades, que envolvam a violência domestica no município. O Comandante do CPA-1, Coronel Givaldo Mendes de Oliveira, em seu discurso, ressaltou a importância da garantia dos direitos e proteção da mulher, não só contra a violência física, mas também contra.

A violência psicológica, que às vezes, fere mais do que um tapa na cara, que em si só, já é um ato de humilhação para qualquer pessoa, e que o cidadão ao procurar uma Delegacia de Polícia para registrar uma ocorrência, já se encontra bastante fragilizado pelas mazelas da vida humana, e merece ser bem recebido e tratado com atenção e cordialidade, durante o atendimento em órgãos policiais. A ação aconteceu em Ponta Porã-MS, cidade situada a 320 Km da Capital Campo Grande

 
Foto: Divulgação (GCMF)Foto: Divulgação (GCMF)

Envie seu Comentário