29/12/2017 17h50

Polícia descobre túnel em casa que daria acesso à maior penitenciária de Mato Grosso

Túnel tinha 2,5 metros de profundidade e 4 metros de comprimento. Delegado diz que trabalho de escavação seria concluído entre 3 a 5 dias.

G1 MT
 
 
Polícia descobre túnel em casa que daria acesso à Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá (Foto: TV Centro América)Polícia descobre túnel em casa que daria acesso à Penitenciária Central do Estado, em Cuiabá (Foto: TV Centro América)

Um túnel que levaria à Penitenciária Central do Estado (PCE), no Bairro Pascoal Ramos, em Cuiabá, foi descoberto por policiais nesta quinta-feira (28), na capital. O túnel foi construído em uma casa que fica ao lado da PCE. De acordo com a Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Civil, o túnel foi encontrado depois de uma denúncia anônima. Ninguém foi preso.

O local era alugado e o proprietário do imóvel já foi identificado. Segundo a Polícia Civil, a fuga de presos foi evitada após a descoberta do túnel que conectaria a casa ao presídio.

A Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) ainda não se pronunciou sobre o caso. A PCE é considerada a maior penitenciária de Mato Grosso: são mais de 2 mil presos para uma unidade que tem 851 vagas.

 
Sacos com terra e ferramentas usadas para a escavação do túnel foram encontrados na casa (Foto: TV Centro América)Sacos com terra e ferramentas usadas para a escavação do túnel foram encontrados na casa (Foto: TV Centro América)

O túnel tinha profundidade de aproximadamente 2,5 metros e cerca de quatro metros de comprimento, da casa até a Penitenciária Central.

As investigações iniciaram após denúncia anônima que era apurada há uma semana pelo GCCO. Na tarde de quinta-feira os policiais conseguiram chegar até a residência, que fica em frente ao presídio.

Em um dos cômodos os policiais identificaram um piso diferente do restante da casa. Quando quebraram o piso, foi possível localizar o túnel que seria utilizado para a fuga dos presos.

O delegado Luiz Henrique Damasceno acredita que em o trabalho de escavação até a penitenciária acabaria entre 3 a 5 dias, quando seria realizado o resgate dos presos.

A casa em que foi encontrado o túnel estava alugada e o proprietário do imóvel já foi identificado e deve ouvido pela GCCO. As investigações estão em andamento para identificar as pessoas responsáveis por alugar a casa e pela construção do túnel.

Envie seu Comentário