15/01/2018 11h10

Ponta Porã: Menor é apreendido pela Guarda Civil Municipal de Fronteira portando arma de fogo e drogas

O menor alegou ter encontrado a arma de fogo e confessou que comercializava drogas naquela região

 
 

No domingo, 14 de janeiro, por volta das 09h, a equipe do Tático de Motocicleta da GCMFron realizava ronda ostensiva pelas imediações do Bairro Carandá Bosque quando se deparou com um individuo em atitude suspeita transitando a bordo de uma motocicleta estrangeira. Ao perceber que seria abordado o suspeito fugiu em grande velocidade. A equipe do Tático de motocicleta realizou o acompanhamento tático e os patrulheiros perceberam que durante a fuga o suspeito colocou a mão na cintura e sacou uma arma de fogo, que foi arremessada nas imediações.

A arma de fogo foi encontrada pela guarnição, que constatou que se tratava de um revólver da marca Taurus, calibre 32 e continha duas (02) munições intactas. Ao ser alcançado e abordado, durante a busca pessoal, foi constatado que se tratava de um menor de idade, que não portava nenhuma documentação pessoal ou do veículo identificando-se como sendo G. R. A.(13). Durante a busca pessoal foi encontrada no interior de uma porchete, uma certa quantidade de substancia análoga a pedra de clack, um papelote de cocaína e a quantia de R$ 92,00 em dinheiro, G$ 24.000 Guaranis e cinqüenta centavos de Peso Argentino.

O menor alegou que encontrou a arma de fogo e confessou que comercializava drogas naquela região. Diante dos fatos constatados foi dada voz de apreensão ao menor. A motocicleta foi conduzida para o pátio do DETRAN, e o menor foi conduzido juntamente com a arma de fogo, a quantia em dinheiro e as substancias análogas a entorpecentes até a Delegacia de Polícia Civil, para que fossem tomadas as providencias necessárias, onde a Autoridade Policial presente, ratificou a voz de apreensão dada ao conduzido , pela prática de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido (Artigo 14 do CP).

A utilização de armas por adolescentes a serviço do crime organizado na região de fronteira levou a Guarda Civil Municipal de Fronteira a intensificar as ações de abordagens para verificação de pessoas nos bairros e na área central da cidade de Ponta Porã, situação aplaudida pela população, já que os índices apontam que os números de roubos, furtos e assaltantes descenderam.

Segundo o Secretario de Segurança Publica de Ponta Porã Marcelino Nunes, as ações ocorrem após um trabalho de inteligência da GCMFron, "estamos em operação nos bairros, visando conter a violência e dar tranquilidade a população" manifestou Marcelino Nunes que após assumir a Secretaria Municipal de Segurança Publica, tem desenvolvido varias ações que reforçaram a segurança na região de fronteira com o Paraguai com a criação da Equipe Tática de Motocicletas, A primeira Guarnição da Patrulha Bike além das equipes que realizam ações ostensivas preventivas a bordo de veículos quatro rodas e a pé, ações que reduziram rapidamente os índices de criminalidade na cidade de Ponta Porã.

Onde a equipe de inteligência da GCMFron realiza monitoramento constante das áreas sensíveis e identificação dos autores de roubos, furtos e assaltos, quando as informações são repassadas ao comando da instituição que em ações conjunta com as demais unidades policiais fecham o cerco aos delinquentes que na maioria dos casos são responsáveis por vários atos ilícitos ocorridos na cidade.

Envie seu Comentário