Campo Grande

Preso encontrado enforcado dentro de cela foi morto por colega depois de briga por televisão

Os dois estavam presos pelo crime de tráfico de drogas desde o fim de setembro.

17/10/2018 12h30 - Midiamax

A morte do detento Elizeu Ribeiro de Jesus, na madrugada de terça-feira (16), dentro da cela 6 do Presídio de Trânsito de Campo Grande, teria sido motivada por causa de uma briga pelo volume da televisão.

Durante seu depoimento o autor, Diogo Guilherme da Silva Firmino, disse que há quatro dias havia tido um desentendimento com Elizeu por causa de um baralho, que a vítima queria emprestada. Os dois estavam presos pelo crime de tráfico de drogas desde o fim de setembro.

Já durante a madrugada desta terça (16) por volta das 4 horas da madrugada só o autor e a vítima estavam acordados vendo televisão, momento em que Diogo pediu para que Elizeu desligasse o aparelho para ele poder dormir.

Houve discussão entre os dois, e Diogo acabou dando uma ‘voadora’ em Elizeu que caiu no chão. Em seguida, o autor passou a dar socos a bater a cabeça da vítima contra o chão. Vendo que o ‘colega’ estava desacordado o preso pegou fios de sacolas plásticas e tentou enforcar Elizeu, mas os fios arrebentaram, momento em que ele usou um cinto para matar enforcado a vítima.

Ele negou que seja de facção criminosa e que a morte tenha sido encomendada. Sobre a outra morte que aconteceu na cela ao lado, ele disse não saber de nada e que só ouviu barulhos durante a madrugada.

Na cela 7 do presídio, o detento Heverton Guimarães Santana também foi encontrado morto enforcado. Tanto Heverton como Elizeu estavam presos por tráfico de drogas.

Envie seu Comentário