05/03/2018 12h40

Primo arquiteta roubo de empresário e criminosos levam R$ 450 mil na Capital

Um dos integrantes do crime foi preso no município de Aral Moreira

Correio do Estado
 
 
Diogo Pinheiro Martins de 24 anos, foi um dos criminosos preso até agora pela polícia - Foto: Álvaro Rezende/ Correio do EstadoDiogo Pinheiro Martins de 24 anos, foi um dos criminosos preso até agora pela polícia - Foto: Álvaro Rezende/ Correio do Estado

Trio invadiu escritório localizado no Bairro Vila Carlota e roubou R$ 450 mil de empresário do ramo de Açougue, no mês de janeiro, em Campo Grande. Durante investigações, policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) descobriram que, o bandido que articulou todo o crime é primo da vítima. Criminoso contratado pelo mandante, identificado como Diogo Pinheiro Martins, de 24 anos, foi preso em Aral Moreira.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Reginaldo Salomão, a polícia descobriu que o primo da vítima estava envolvido e esquematizou toda a dinâmica do assalto, uma vez que sabia de toda movimentação do empresário. Durante depoimento, a princípio como vítima do assalto porque estava no local no momento da ação, o suspeito contrariou as informações, o que levantou a suspeita do delegado. Ele confessou o crime e afirmou que contratou os três criminosos para realizar o assalto no escritório do empresário.

Após o assalto, os criminosos fugiram para a residência de um dos envolvidos, identificado como Dulcileno Monges da Silva, de 39 anos, que tem passagens pela polícia por roubo e furto. Diogo foi preso no município de Aral Moreira três dias após cometer o assalto e a polícia acredita que ele possa ter participado de outros crimes na Capital.

Ele vai responder por roubo qualificado pelo emprego de arma e roubo majorado pelo concurso de pessoas. Já o primo do empresário e Dulcileno responderão pelo crime em liberdade, uma vez que não foram presos em flagrante.

Envie seu Comentário