Costa Rica

Quatro são presos por roubo de combustível em MS

Motoristas de carreta, empresário e funcionário foram são suspeitos

13/10/2018 11h40 - O Correio News

 
Foto: O Correio NewsFoto: O Correio News

O Grupo Tático Operacional da polícia de Costa Rica, a 330 km de Campo Grande, prendeu na noite de quarta-feira quatro homens envolvidos com a venda ilegal de combustível desviado. Entre eles estão um empresário de 49 anos, o funcionário de 33 anos, que respondem por receptação, e dois motoristas de carreta, de 41 e 35 anos, que respondem por furto qualificado.

O flagrante aconteceu por volta das 21 horas, na rodovia MS-306, na região do Gaúcho Pobre, na saída para o distrito de Lajes, acesso a Chapadão do Sul.

Segundo o boletim de ocorrência informado pelo investigador Biberg, da Polícia Civil, e pelo soldado Furtado, da Polícia Militar, o GTO fazia rondas pela rodovia, quando perto do Gaúcho Pobre avistou um Corsa branco em atitudes suspeitas. Durante abordagem, o motorista, de 33 anos, foi flagrado com três galões de álcool. Questionado, disse que havia comprado o produto de forma ilegal por R$ 200, com dois motoristas de carretas bitrem tipo tanque que se deslocavam sentido a Chapadão do Sul.

Os policiais então seguiram na direção das carretas e abordaram os motoristas. Um deles, de 35 anos, foi reconhecido pelo ocupante do Corsa como sendo a pessoa responsável pela entrega dos galões. O outro motorista, de 41 anos, foi quem negociou a venda do combustível por meio de conversas por WhatsApp. Conforme apurado, os motoristas desviavam parte da carga contratada pela empresa que trabalham, para realizar comércio ilegal.

O motorista do Corsa disse que tinha feito a comprar seguindo orientações do seu patrão, de 49 anos, que foi localizado e preso pelo GTO. O grupo foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi preso em flagrante. Os veículos foram apreendidos. O Corsa tinha restrição de roubo/furto.

Envie seu Comentário