27/08/2017 21h40

Vídeo: PMRE apreende padrasto e enteado por tráfico na MS 156

A PMRE de Amambai já superou 10 toneladas de drogas apreendidas somente neste ano.

Divulgação (TP)
 
 
Foto: Divulgação (PMRE)Foto: Divulgação (PMRE)

Durante fiscalização e abordagens na Rodovia MS 156, no km 242 trecho sentido Amambai a Tacuru, por volta das 05h30min deste domingo 27, foi dado ordem de parada ao veiculo de cor prata marca e modelo Ford Fusion placas da cidade de Guaíra-PR,a qual não foi obedecida pelo condutor fugindo sentido a Tacuru, sendo necessário acompanhamento tático quando no trevo que dá acesso a cidade de Paranhos, o condutor perdeu o controle da direção do veículo passando por cima do trevo e saindo a direita da pista, sendo que após o acidente o condutor e o passageiro abandonou o veiculo e correu em direção a uma mata.

Em revista ao veiculo foi constatado que transportava no interior diversos tabletes de substancia análoga a maconha que após pesado totalizou 830,00 Kg (oitocentos e trinta quilos). Nesse mesmo momento foi abordado o veículo VW Voyage com placas de Belo Horizonte MG, conduzido por V.F.S. de 35 anos morador de Palhoça SC, e o veículo Peugeot de Biguaçu SC conduzido por F. J. S. de 28 anos, morador de Palhoça, nesse mesmo momento apareceu no local o Menor M. M. S. De 17 anos acompanhado da menor A.G.L de 16 anos, alegando que era condutor do veículo Fusion e a menor era sua namorada e o acompanhava no veículo.

Eles informaram aos policiais que ficaram com medo pois não conheciam o local e região. Que após verificação de dados e documentos foi constatado que o condutor do veículo Voyage é padrasto do menor, e fazia o serviço de batedor do veículo com a droga juntamente com o condutor do Peugeot que tinha vínculos com envolvidos através de seus celulares.

Após checagem nos agregados do veiculo Fusion nos sistemas policiais foi constatado que o veiculo é produto de furto/roubo e que a verdadeira placa é de Vinhedo SP. Diante dos fatos veículos, envolvidos e droga foram encaminhados ao DP Amambai para providencias legais.

 
Foto: Divulgação (PMRE)Foto: Divulgação (PMRE)

Envie seu Comentário