10/01/2018 06h50

Com investimentos calculados em R$ 7 mi, Governo vai recuperar principais ruas e avenidas de Ponta Porã

Em Ponta Porã ruas e avenidas serão contempladas com recapeamento.

Portal do MS
 
 
Foto: Chico RibeiroFoto: Chico Ribeiro

Ponta Porã vai receber mais R$ 7 milhões do Governo de Mato Grosso do Sul que serão investidos em obras de recapeamento de avenidas e ruas da cidade. Após entregar diversas obras em Ponta Porã, em novembro do ano passado, o Governo do Estado lançou nesta terça-feira (9) a licitação que irá beneficiar as vias do município. "E poder fazer o recapeamento que totaliza praticamente 10 milhões de reais nas principais vias de trânsito urbano aqui de Ponta Porã é muito importante. Isso é uma parceria, mostra a capacidade do governo de reagir à crise, criar condições de ter recursos, fazer os investimentos e melhorar a vida das pessoas, que é objetivo de cada um de nós", disse Reinaldo Azambuja, na ocasião da visita ao município.

Segundo a concorrência 001/2018 deverão receber recapeamento as Avenidas Belmiro de Albuquerque, Brasil e Marechal Floriano e ainda as ruas Antônio João e Guia Lopes, num total de 157.586,379 m2. De acordo com a Coordenadoria de Licitação da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), a obra está orçada em R$ 7.105.060,01 milhões de reais.

A tomada de preços acontece no próximo dia 9 de fevereiro, às 9 horas, na sede da Agesul, na Capital.

 
Foto: Chico ribeiroFoto: Chico ribeiro

Mais infraestrutura

Durante a visita à Ponta Porã, em novembro de 2017, o governador Reinaldo Azambuja entregou obras em diversas frentes de trabalho: segurança, saneamento, pontes, habitação, segurança. "São melhorias em muitas áreas, saneamento, habitação, saúde, infra, estradas para melhorar escoamento da produção, pontes de acesso aos assentamentos, tudo isso feito na maior crise da história do nosso país", pontuou o governador.

Entre as obras já entregues, além de 16 milhões em saneamento, a população foi beneficiada com uma nova ponte sobre o córrego Estevão, no residencial Che Roga Mi; com a reforma na Unidade Educacional de Internação (Unei); a ampliação da unidade penal Ricardo Brandão; também foi entregue título definitivo da casa própria aos moradores do Che Roga Mi e anunciada a implantação do sistema de radiocomunicação profissional para reforçar a segurança na região de fronteira.

Envie seu Comentário