28/02/2018 07h20

Deputados cobram apoio a municípios em estado de emergência devido às chuvas

A Cruz Vermelha Brasileira no MS lançou a campanha S.O.S. Pantanal Sul para arrecadação de doações às vítimas dos alagamentos

Agência ALMS
 
 
Foto: Victor Chileno (ALMS)Foto: Victor Chileno (ALMS)

São urgentes as ações para o atendimento a famílias desabrigadas devido às intensas chuvas em Mato Grosso do Sul, na avaliação dos deputados Felipe Orro (PSDB), Cabo Almi (PT) e Herculano Borges (SD). Na tribuna, Orro disse que o Estado passa por "delicado momento", com cidades em estado e emergência, além da região do Pantanal, e 76 mil pessoas afetadas. "Foi a segunda maior cheia do Rio Aquidauana em 50 anos e os prejuízos chegaram também a 27 cidades no total, com pontes caídas, famílias desabrigadas e uma preocupação séria com a produção agrícola", afirmou.

Ele também informou que protocolou solicitação ao superintendente do Banco do Brasil no Estado, Glaucio Zanettin Fernandes, para que viabilize linhas de crédito agropecuário e amplie os recursos destinados via Fundo de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) aos produtores rurais. "Pedimos, ainda, que prorrogue por seis meses os prazos aos agricultores, que já estão muito prejudicados com as últimas chuvas. Fizemos solicitação semelhante em 2011 e fomos prontamente atendidos", disse Orro.

Segundo o deputado, o Governo do Estado repassou R$ 520 mil a Aquidauana e R$ 300 mil a Anastácio. "A situação é realmente difícil e também solicitamos ao ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, que nos ajude a providenciarmos novas habitações aos desabrigados", complementou.

Cabo Almi sugeriu que o Governo do Estado destine aos municípios recursos do duodécimo que foram devolvidos pela Casa de Leis ao Executivo. "Temos que reunir os 24 deputados em uma audiência com o governador [Reinaldo Azambuja] para ajudarmos de forma mais direta e contundente. Foram devolvidos ao Governo R$ 40 milhões do duodécimo e esse recurso pode ajudar a socorrer às famílias", disse. Para Herculano Borges, toda a mobilização é importante, mas são necessárias medidas com maior resolutividade. "Tudo ajuda, mas acaba sendo paliativo. Precisamos somar esforços e encontrar soluções, para que tudo isso não aconteça ano que vem", analisou.

A Cruz Vermelha Brasileira Mato Grosso do Sul lançou a campanha S.O.S. Pantanal Sul para arrecadação de doações às vítimas dos alagamentos nas cidades em situação de emergência. Itens de higiene pessoal, água mineral e alimentos não perecíveis podem ser doados.

 
Felipe Orro quer ampliar prazos de créditos aos produtores e garantir residências aos desabrigados em MS Foto: Victor Chileno (ALMS)Felipe Orro quer ampliar prazos de créditos aos produtores e garantir residências aos desabrigados em MS
Foto: Victor Chileno (ALMS)

Envie seu Comentário