22/02/2018 10h10

MPF vai investigar abandono de obras do Centro de Convenções de Dourados

Obra está há treze anos sem conclusão e já foi ocupada por sem-tetos

Midiamax
 
 

O Conselho Superior do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) determinou que um inquérito que apura o "descaso e abandono" do poder público com as obras do Centro de Convenções de Dourados seja remetido ao MPF (Ministério Público Federal).

A recomendação para o envio ao parquet federal partiu do relator das investigações, conselheiro João Albino Cardoso Filho. O voto do relator foi seguidos pelos demais conselheiros do MPE-MS.

O inquérito foi instaurado pela 16ª Promotoria de Justiça de Dourados em 2014, e desde então vinha acompanhando o andamento das obras. A construção do Centro de Convenções teve início há treze anos, durante administração do ex-prefeito Larte Tetila (PT).

Desde então, o Centro segue abandonado. Em 2014, durante a gestão do ex-prefeito Murilo Zauith (PSB), a obra, que se tornou um dos "elefantes-brancos" de Dourados, chegou a ser ocupada por um grupo de moradores sem-teto. No curso das investigações, o MPE-MS apurou que o contrato para início das obras do Centro de Convenções possuía recursos oriundos de transferências voluntárias da União, o que implica o envolvimento do MPF no caso.

Os conselheiros do MPE-MS determinaram o retorno dos autos do inquérito à 16ª Promotoria de Dourados para que remeta o processo à Procuradoria da República de Dourados, que passará a comandar as investigações.

Envie seu Comentário