17/10/2017 13h30

Ponta Porã:Secretário de saúde alerta para prevenção e combate ao mosquito Aedes Aegypit

Mosquito Aedes Aegypit transmite três doenças: dengue, chycungunia e zica Vírus. Combate e prevenção não podem parar alerta secretário

Divulgação
 
 
FOTO: LÉCIO AGUILERAFOTO: LÉCIO AGUILERA

O secretário de Saúde de Ponta Porã, Patrick Derzi, mostrando preocupação com início do período de chuvas e o forte calor, faz um alerta para a população de que é preciso ficar atento com as medidas de prevenção a proliferação do mosquito Aedes Aegypti.

"A população tem que ficar atenta e continuamente adotando medidas diárias de prevenção, retirando do quintal tudo o que possa acumular água parada. Até mesmo uma tampinha de garrafa ou uma caixa d'água. É preciso que as medidas sejam permanentes para que possamos evitar uma terrível epidemia. Esses mosquitos são perigosos, transmitem doenças que podem matar. Não podemos vacilar por um minuto sequer. Temos que fazer a nossa parte e fiscalizar outras situações que possam favorecer a proliferação do Aedes", declarou Patrick Derzi.

De acordo com o secretário de saúde do município, no final de 2016 e início de 2017. Os casos de dengue diminuíram no país, devido a grande campanha e de que nos anteriores os índices foram alarmantes, fazendo com que a população tomasse as medidas de combate. "Ocorre que com os casos sendo em menor escala neste ano, essa diminuição nos casos registrados, acaba causando um sentimento de despreocupação na população em geral. Nem na mídia se vê mais uma campanha tão ampla como nos anos anteriores. Essa despreocupação pode ser tornar um problema, porque a pessoa não preocupa mais com a sua caixa d’água, com a calha que está com o vetor lá dentro, com pneus, com o pratinho da planta que está lá embaixo do vaso. A secretaria de saúde se preocupa com isso. Desde julho nós começamos nossas ações, porque devido a essa despreocupação da população, nós corremos risco de uma epidemia novamente. Não vamos parar, vamos continuar com as ações e precisamos muito da população para que tenhamos sucesso no combate a esse perigoso mosquito", afirmou Patrick.

PREVENÇÃO - Prevenir é a melhor forma de evitar a dengue, zika e chikungunya. A maior parte dos focos do mosquito está nos domicílios, assim as medidas preventivas envolvem o nosso quintal e também os dos vizinhos.

É simples e rápido combater o Aedes aegypti, siga essas dicas: Garrafas PET e de vidro: As garrafas devem ser embaladas e descartadas corretamente na lixeira, em local coberto ou de boca para baixo. Lajes: Não deixe água acumular nas lajes. Mantenha-as sempre secas. Ralos: Tampe os ralos com telas ou mantenha-os vedados, principalmente os que estão fora de uso. Vasos sanitários: Deixe a tampa sempre fechada ou vede com plástico. Piscinas: Mantenha a piscina sempre limpa. Use cloro para tratar a água e o filtro periodicamente. Coletor de água da geladeira e ar-condicionado: Atrás da geladeira existe um coletor de água. Lave-o uma vez por semana, assim como as bandejas do ar-condicionado.

Calhas: Limpe e nivele. Mantenha-as sempre sem folhas e materiais que possam impedir a passagem da água. Cacos de vidros nos muros: Vede com cimento ou quebre todos os cacos que possam acumular água. Baldes e vasos de plantas vazios: Guarde-os em local coberto, com a boca para baixo. Plantas que acumulam água: Evite ter bromélias e outras plantas que acumulam água, ou retire semanalmente a água das folhas. Suporte de garrafão de água mineral: Lave-o sempre quando fizer a troca. Mantenha vedado quando não estiver em uso. Falhas nos rebocos: Conserte e nivele toda imperfeição em pisos e locais que possam acumular água. Caixas de água, cisternas e poços: Mantenha-os fechados e vedados. Tampe com tela aqueles que não têm tampa própria. Tonéis e depósitos de água: Mantenha-os vedados. Os que não têm tampa devem ser escovados e cobertos com tela. Objetos que acumulam água: Coloque num saco plástico, feche bem e jogue corretamente no lixo. Vasilhas para animais: Os potes com água para animais devem ser muito bem lavados com água corrente e sabão no mínimo duas vezes por semana. Pratinhos de vasos de plantas: Mantenha-os limpos e coloque areia até a borda. Objetos d’água decorativos: Mantenha-os sempre limpos com água tratada com cloro ou encha-os com areia. Crie peixes, pois eles se alimentam das larvas do mosquito. Lixo, entulho e pneus velhos: Entulho e lixo devem ser descartados corretamente. Guarde os pneus em local coberto ou faça furos para não acumular água. Lixeira dentro e fora de casa: Mantenha a lixeira tampada e protegida da chuva. Feche bem o saco plástico.

Envie seu Comentário