22/02/2018 10h30

Prefeitura e Energisa iniciam mutirão de poda preventiva de árvores

O trabalho terá apoio da secretaria municipal de Segurança Pública

Divulgacao (A.D)
 
 
Secretário de Obras, André Manosso com equipe da EnergisaSecretário de Obras, André Manosso com equipe da Energisa

A prefeitura de Ponta Porã, através da secretaria municipal de Obras e Urbanismo, em parceria com a Energisa, concessionária de energia elétrica do Mato Grosso do Sul, iniciam nesta quinta-feira, 22, serviço de poda de árvores preventiva em toda a cidade. O trabalho terá apoio da secretaria municipal de Segurança Pública.

O trabalho em forma de mutirão visa garantir maior segurança à população e evitar riscos de acidentes por conta de curto-circuito ou similares em residências e estabelecimentos comerciais. A equipe da Energisa esteve nesta quinta-feira no Paço Municipal onde foi recebida pelo secretário de Obras, André Manosso e o prefeito Hélio Peluffo, visando detalhar o início dos trabalhos.

A poda será realizada para desobstruir a rede de energia. A convivência satisfatória entre as árvores e a rede elétrica depende da execução periódica de podas dos galhos, a fim de diminuir as interrupções no fornecimento de energia elétrica.

A poda é uma atividade necessária e importante, porque evita curto-circuito em redes aéreas, interrupção no fornecimento de energia, queima de eletrodomésticos,

riscos para os pedestres, perda de eficiência da iluminação pública e rompimento de cabos condutores da rede elétrica

A realização inadequada de podas em árvores próximas à rede elétrica pode oferecer risco à sua vida. Procure sempre um profissional especializado. Caso ele identifique riscos de choque elétrico, entre em contato com a Elektro e solicite o desligamento temporário da energia para a execução dessa atividade.

Uma poda adequada é essencial para que a árvore desenvolva uma boa estrutura e uma forma desejável. As árvores que recebem os devidos procedimentos de poda enquanto são ainda jovens demandarão um menor número de podas corretivas à medida que se desenvolvem e amadurecem.

O secretário de Obras André Manosso pede a colaboração dos moradores para que a equipe possa desempenhar com agilidade o trabalho, a fim de causar o menor tempo possível de transtornos.

Envie seu Comentário