23/02/2018 15h10

De mal súbito a atropelamento, bombeiros de Ponta Porã realizam 19 atendimentos

Foram 19 ocorrências no plantão

 
 

No plantão de 24 horas da guarnição de serviço do dia 21 para o dia 22 de fevereiro no 4º Grupamento de Bombeiros Militar de Ponta Porã foram atendidas 19 (dezenove) ocorrências. Sendo 04(quatro) mal súbito. O primeiro, um senhor de 62 anos no Bairro Altos da Glória, encontrado acamado queixando-se de dor no abdômen e crise de vômito; o segundo, na Rua Pedro Ângelo da Rosa na Vila Áurea, uma senhora de 90 anos também acamada, com sequelas de AVC anterior com dores corpóreas e crise de vômito; o terceiro, mal súbito foi no Residencial Ponta Porã na Rua Iturama, onde foi atendido um senhor de 59 anos que encontrava-se desacordado e por fim o quarto foi na rua Recife na Vila Aurea, onde uma senhora encontrava-se ofegante e pálida segundo informações após ter desmaiado.

Atendido também uma emergência clinica no Jardim Ivone, onde um menor de 14 anos sofreu um desmaio (sincope) e na abordagem estava sonolento se queixando de fraqueza e aparentemente estava debilitado (desnutrido).

Também foi atendido um atropelamento na BR-463, após a PRF, onde guarnição se deparou com um andarilho sem documentação, assistido pelos policiais rodoviários, estava caído a margem da rodovia, apresentava fratura de tíbia e fíbula direita (perna), possível fratura na mandíbula, corte no cotovelo esquerdo além de escoriações no tórax. Atendido um incêndio na Cooperativa lar, na rodovia BR-463, onde no secador teve início um princípio de incêndio controlado pela guarnição e a última ocorrência a relatar um extermínio de inseto no Tribunal Regional do Trabalho, onde os insetos estavam dentro de um poste, sendo colocado veneno e obstruído a saída ou entrada.

No atendimento das vítimas auxiliadas pelos bombeiros, foi seguido o protocolo de APH (atendimento pré-hospitalar), após abordagem, exames primários e secundários, imobilizadas e removidas até o Hospital regional de Ponta Porã.

Emergências, Acidentes e incêndios ligue 193. Corpo de Bombeiros Militar.

Envie seu Comentário