Esclarecimento

HR de Ponta Porã emite nota referente ao atendimento dado a paciente com crise renal

Confira a nota

15/01/2019 17h40 - Por: Dora Nunes

 

A diretoria do Hospital Regional Dr. José de Simone Netto esclarece que a pulseira de classificação de risco é uma diretriz da Política Nacional de Humanização (PNH), estabelecida pelo Ministério da Saúde, e portanto deve ser cumprida. As pulseiras agilizam o atendimento priorizando os casos mais urgentes.

Com relação a paciente Fátima Carvalho, informamos que todos os procedimentos necessários e oferecidos no Hospital foram prestados. No entanto, o tipo de cirurgia urológica de que ela necessita não é realizado no Hospital, e portanto ela deve ser encaminhada através da regulação de vagas para outras unidades de saúde que possuem o suporte para esta cirurgia.

Sobre o laudo da Tomografia, qualquer paciente pode solicitar seu prontuário e exames de segunda a sexta-feira, em horário comercial, junto a administração do Hospital. Após a realização dos exames de imagem, o paciente leva o laudo (que é entregue em no máximo 5 dias úteis) até o médico para a avaliação. Em procedimentos de urgência, o laudo sai em até no máximo 2 horas.

Por fim, esclarecemos que o Instituto Gerir não é uma empresa e sim uma organização social sem fins lucrativos que necessita da parceria do Estado para repasse do custeio, e reforça seu compromisso e parceria no atendimento aos pacientes da região sul do estado e garante que os atendimentos estão sendo realizados, com qualidade, de forma humanizada, e sempre adotando as medidas de segurança do paciente, visando seu restabelecimento total.

Relembre o caso

Envie seu Comentário