Insatisfação

TV WEB: OAB acompanhou reclamação contra Energisa no Procon de Ponta Porã

Várias pessoas compareceram ao órgão na manhã dessa segunda-feira, dia 21

21/01/2019 10h25 - Por: Dora Nunes

 
Fotos: Tião Prado - PontaporainformaFotos: Tião Prado - Pontaporainforma

Na manhã dessa segunda-feira, dia 21, pessoas que se sentiram prejudicadas com as contas de energia, cujos valores aumentaram de forma expressiva, procuraram o Procon para formalizar reclamações contra a Energisa.

O presidente da 5ª Subseção da OAB de Ponta Porã, advogado Arnaldo Escobar, esteve acompanhando a situação e entrevista ao site Pontaporainforma disse que toda reclamação é válida quando a pessoa se sente prejudicada. "Conversando com as pessoas que aqui estão, verifiquei que estão todas revoltadas com o grande aumento no valor da conta de energia elétrica. Aumento esse, supostamente injustificado e estou instruindo que realmente deve-se notificar a Energisa para que esta possa se explicar se realmente houve aumento de consumo ou de tarifa e em cima dessa questão, estaremos trabalhando para tentar ajudar a população", informou Arnaldo Escobar.

 

O advogado ressaltou que a população tem voz ativa para protestar. Lembrou que no ano de 2018, no Estado do Rio Grande do Sul, houve problema semelhante, foi constatado o avuso, a OAB entrou com Ação Civil Pública e liminarmente, o juiz mandou a empresa rever todos os aumentos das tarifas.

No caso de Ponta Porã, o Procon chamará a Energisa para manifestação e dependendo se houver irregularidade, haverá a possibilidade de usar de algum remédio jurídico, com a impetração de ação Civil Pública na Justiça Federal.

Dentre os reclamantes de hoje no Procon, tem o caso de uma fatura que de R$ 330,00 foi para R$ 700,00, cabendo um pedido de revisão de valor.

 

Vários consumidores da Empresa Energisa estão procurando o Procon de Ponta Porã para registrar a sua reclamação contra o que eles consideram um aumento elevado no preço da energia consumida, bem como o aumento que as contas tiveram neste ultimo mês de dezembro.

A reportagem do site Pontaporainforma entrevistou a diretora do Proncon Dra. Claudia Bonato que informou que sempre que o consumidor tiver alguma duvida e não concordar com uma cobrança ou qualidade de um serviço, seja ele o que for, deve imediatamente procurar o Proncon e registrar a sua reclamação que vai ser analisada e dado o encaminhamento necessário.

"Neste caso, que é o valor das contas de energia elétrica, o consumidor deve vir até o Procon e registrar essa reclamação sim, porque isso é muito importante", disse Claudia Bonato.

Nesta terça-feira (22), os Procons municipais, junto com o Procon do estado estarão realizando uma reunião com a direção da empresa Energisa para saber o motivo do aumento do preço da energia, a partir daí será passado para o consumidor o que realmente será feito, completou Claudia Bonato.

Lembrando a todos que o Procon atende de segunda a sexta-feira até as 13 horas, na rua Tiradentes, 1827 - Vila Vitória, portando o consumidor interessado em registrar a sua reclamação tem que procurar o orgão neste horário.

Assista a reportagem no vídeo abaixo:

Envie seu Comentário