13/03/2018 11h50

Ponta Porã lembrou o Dia Mundial do Rim com conscientização

Foram desenvolvidas atividades alusivas ao 08 de março, com campanha preventiva sobre cuidados

Divulgação (AD)
 
 
Campanha visa conscientizar sobre cuidados básicos (Foto Ilustração) Campanha visa conscientizar sobre cuidados básicos (Foto Ilustração)

Em atividade realizada no Parque dos Ervais, Ponta Porã lembrou a passagem do dia 8 de Março, comemorado o Dia Mundial do Rim. A equipe da Clínica do Rim de Ponta Porã sob a direção do Drº Odailton Ribeiro dos Santos e Srª Dalva Pereira Braz realizou uma campanha de prevenção da doença renal pela passagem do Dia Mundial do Rim no Parque dos Ervais na ultima quinta-feira dia 08 de Março em parceria com a Secretaria de Assistência Social e o CAM do município.

A campanha desde ano tem como tema: "Saúde da mulher - Cuide de seus rins ... quem cuida de todos também precisa de cuidados. As mulheres são vitais para a sociedade" o objetivo do Dia Mundial do Rim de 2018 é promover a prevenção das doenças renais e estimular os cuidados com a saúde da mulher, visto que, atualmente é a 8ª causa de mortalidade nesta população.

A ação de prevenção da doença renal contou com a equipe multiprofissional da Clinica do Rim, composta por: enfermeiro, técnicos de enfermagem, psicóloga, assistente social, nutricionista e realizou os serviços para a sociedade, como: aferição de pressão arterial, teste de glicemia e orientações quanto aos cuidados com os rins.

A campanha tem o intuito de alertar a população com relação à saúde dos rins, com o objetivo principal de informar e divulgar sobre os fatores de risco para a Doença Renal Crônica como: o tabagismo, obesidade, pressão alta, diabetes mellitus, hereditariedade e doenças cardiovascular. Estimulando cuidados com a saúde dos rins, hábitos de vida saudáveis, importância de dosar a creatinina no sangue e/ou fazer um exame de urina e principalmente em consultar um médico, pois o diagnóstico precoce é importante para garantir tratamento adequado.

Segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia, ao longo dos anos, essa Campanha de Prevenção tem-se intensificado, ampliando cada vez mais o número de pessoas atingidas com informações sobre prevenção e a importância do diagnóstico precoce da doença renal crônica.

Visto que, a doença renal é silenciosa e quando apresenta sinais já esta com perda da função renal avançada e a não adesão ao tratamento medicamentoso pode levar a perda renal e necessidade de iniciar a terapia renal substitutiva, a mais comum é chamada de hemodiálise que visa um tratamento 3 vezes na semana com duração mínima de 4hs por sessão.

O que leva a mudança na rotina de vida do paciente e familiares, dessa forma, é preciso prevenir, pois a doença renal crônica não tem cura somente tratamento para toda a vida. Não deixe de consultar um médico nefrologista, verifique se você esta em risco.

Envie seu Comentário