14/12/2017 13h20

Mato Grosso do Sul recebe financiamento da Funasa para obras em saneamento

Sete mil pessoas em Maracaju serão beneficiadas com a ampliação do SES

Divulgação: Dora Nunes
 
 

A superintendência estadual da Fundação Nacional de Saúde em Mato Grosso do Sul (Suest/MS), realizou neste 13 de dezembro, pagamento de parcelas relativas a convênios que contemplam a área de saneamento ambiental para o estado, beneficiando os municípios de Maracaju e Itaquiraí.

Por meio do TC 36/2010, o município de Itaquiraí está recebendo a terceira parcela no valor de R$ 731.041,47. Essa liberação permitirá ao município conceder água de qualidade às comunidades rurais do assentamento do Complexo Santo Antonio, numa obra que totaliza o montante de R$ 2.507.552,09.

Esta construção que atualmente encontra-se com 70% em execução, após esse pagamento continuará seu andamento e nela inclui-se serviços preliminares como unidades de captação, rede de distribuição de 25 mil metros e 1.234 ligações domiciliares. Essa ação, além do financiamento da Funasa, conta, ainda, com a contrapartida da prefeitura.

Já Maracaju recebeu, também nesta data, a última parcela do convênio no valor R$ 1.318.396,05, relativo ao TC 171/2012, que contempla a ampliação do sistema de esgotamento sanitário, um investimento do Governo Federal na ordem de R$ 7.854.500,19. Este convênio conta com a contrapartida do estado de MS.

Esta obra encontra-se com aproximadamente 39,52% em execução e a previsão de término é para o primeiro semestre de 2018, além disso, deverá beneficiar cerca de 7 mil residências em Maracaju, sendo considerada uma das obras mais vultosas em termos de projeto e execução no Mato Grosso do Sul.

Para o superintendente da Suest/MS, Marco Aurélio Santullo, o apoio da Presidência da Fundação Nacional de Saúde para liberação de recursos para Mato Grosso do Sul, permite celeridade na continuidade das obras em desenvolvimento. "Graças ao empenho deste órgão em Brasília e apoio, também, dos parlamentares, está sendo possível agilidade nas liberações de recursos para Mato Grosso do Sul, permitindo, dessa maneira, melhoria na qualidade de vida das nossas comunidades", declara o superintendente.

Envie seu Comentário