Irregularidades

MPMS apura irregularidades em hospital municipal de Sonora

A Instauração do Procedimento preparatório deu-se após as informações que instruíram o registro da Notícia de Fato n. 01.2018.00000509-8,

20/06/2018 14h40 -MPMS

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul, por meio do Promotor de Justiça Adriano Barrozo da Silva, instaurou o Procedimento Preparatório nº 06.2018.00001836-0 para apurar possíveis irregularidades estruturais e materiais no hospital municipal de Sonora com prejuízo da prestação de serviços de saúde à população local.

A Instauração do Procedimento preparatório deu-se após as informações que instruíram o registro da Notícia de Fato n. 01.2018.00000509-8, gerada a partir de manifestação recebida pela Ouvidoria do MP/MS, na qual relata que as ambulâncias utilizadas pelo sistema estão sucateadas, e geralmente apresentando defeitos durante a utilização; que ainda esse ano, durante o trajeto de um dos veículos, após passarem o pedágio, a roda do veículo caiu, expondo o médico, o paciente e o motorista à risco; bem como os pneus não estavam em boas condições de utilização. Na denúncia, ainda há relatos de falta de medicamentos, bem como não há serviço de ultrassonografia e os pacientes precisam sair da cidade e arcar com os custos do exame particular.

Por fim, foi relatado que no hospital existe uma ala que está interditada, desde novembro de 2017, em razão do entupimento da fossa séptica e que, há cerca de duas semanas, um paciente deu entrada no hospital com politraumatismo, vítima de uma colisão de moto e carro, contudo, apesar da necessidade, não conseguiu transferência para Campo Grande.

Envie seu Comentário