15/01/2018 15h10

Trabalhador rural é socorrido em estado grave após ser picado por cobra no pantanal.

Os socorristas percorreram 50 quilômetros até encontrar a vítima, que estava em estado grave com fortes dores no abdômen e vomitando sangue.

Top Mídia News
 
 
Foto: Alisson Silva.Foto: Alisson Silva.

O trabalhador rural José Marcio Moraes, de 54 anos, foi socorrido em estado grave após ser picado por uma cobra no pantanal, em Coxim, município distante aproximadamente 250 quilômetros de Campo Grande.

Segundo o site Edição de Notícias, o trabalhador rural estava caminhando em uma trilha por volta das 20h deste sábado (13), quando acabou tendo o calcanhar esquerdo picado por uma cobra jararaca boca de sapo.

Moraes teve que esperar aproximadamente quatro horas, até que o capataz da fazenda chegasse com um veículo. O Corpo de Bombeiros foi acionado e seguiu de encontro com o carro que trazia a vítima.

Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) percorreram 50 quilômetros até encontrar a vítima, que estava em estado grave com fortes dores no abdômen e vomitando sangue.

Ainda conforme o site local, o trabalhador rural foi encaminhado ao Pronto Socorro do Hospital Regional Álvaro Fontoura.

"Boca de Sapo"

Nome comum dado a uma espécie de Jararaca da família dos colubrídeos. Muito comum no Pantanal é considerada a cobra mais venenosa do bioma. Seu veneno é muito forte, pode matar uma criança em poucas horas e um adulto em questão de um dia.

É muito temida na região pantaneira, sua coloração e tamanho são diferentes das outras jararacas. É pequena e pode atingir no máximo um metro de comprimento e sua cor é bege. Pode parecer uma cobra inofensiva devido mesmo ao seu tamanho, mais seu veneno potente é de impressionar.

A Jararaca Boca de Sapo é uma das cobras mais venenosas do Brasil, dependendo do local da picada se for atingida alguma veia principal o indivíduo pode morrer na hora.

Envie seu Comentário