18/01/2018 12h10

Vendedora que ficou em estado vegetativo após atropelar vaca será indenizada em R$ 100 mil

Acidente ocorreu em 2014

Midiamax
 
 

Uma mulher de 41 anos será indenizada em R$ 100 mil por conta de um acidente, na MS- 376, em entre Vicentina e Fátima do Sul –a aproximadamente 240 quilômetros de Campo Grande. De acordo com os autos do processo, em julho de 2014, ela seguia pilotando uma motocicleta quando atropelou uma vaca, que estava solta na pista.

Na ação, a motociclista – que na época exercia a profissão de vendedora- foi representada pela mãe. Ela teve traumatismo craniano no acidente e ficou com sequelas irreversíveis. "através de inspeção judicial, constatou-se que a parte requerente "está incapaz quanto às suas funções mentais, (...) atestou que a parte requerente tem sequelas irreversíveis decorrentes de traumatismo craniano grave (...) não conhece as pessoas. Fiz algumas perguntas e não apresentou reação de que estava me ouvindo. Ela se encontra acamada, desde quando ocorreu o acidente tendo em vista que também perdeu seus movimentos", narra o oficial de justiça no processo.

Ficou comprovada a propriedade do animal e o juiz pontuou que "Portanto, nenhuma dúvida resta acerca da conduta negligente da parte requerida que tem o dever legal de cautela/guarda com os seus animais".

"Posto isto, julgam-se parcialmente procedentes os pedidos para condenar a parte requerida no pagamento de:

i) pensão alimentícia vitalícia no valor correspondente a um salário mínimo e meio (...) ii) dano moral no valor correspondente a R$100.000,00. (...)", finaliza a sentença.

Foto: Fátima informa

Envie seu Comentário