24/01/2018 08h30

'Deus Salve o Rei': Afonso será preso por agredir um soldado do rei Augusto

O nobre se irritará com os insultos de Tirso (Fifo Benicasa) após não pagar a sopa que consumiu na barraca da amada.

Purepeople
 
 
Na novela 'Deus Salve o Rei', Afonso (Romulo Estrela) será preso por agredir um soldado do rei Augusto (Marco Nanini) para defender Amália (Marina Ruy Barbosa) no capítulo que vai ao ar no sábado, 27 de janeiro de 2018 © Divulgação, TV GloboNa novela 'Deus Salve o Rei', Afonso (Romulo Estrela) será preso por agredir um soldado do rei Augusto (Marco Nanini) para defender Amália (Marina Ruy Barbosa) no capítulo que vai ao ar no sábado, 27 de janeiro de 2018
© Divulgação, TV Globo

Afonso (Romulo Estrela) passará por muitas dificuldades nos próximos capítulos da novela "Deus Salve o Rei" após abdicar o trono de príncipe herdeiro em Montemor. O mocinho, que pediu Amália (Marina Ruy Barbosa) em casamento e decidiu abrir mão do luxo no palácio em nome do amor, começará a trabalhar como ferreiro em Artena e por conta de uma confusão com um soldado do rei Augusto (Marco Nanini), agredirá o guerreiro e será preso por cometer um ato violento. Na ocasião, Tirso (Fifo Benicasa) reclamará do caldo servido por Amália e se recusará pagar pelo produto. Afonso ficará revoltado, brigará com o soldado e acabará preso. As informações são do colunista Daniel Castro, do site "Notícias da TV". A cena está prevista para ir ao ar dia 27.

Após comer mais de uma vez na sua barraca, Tirso sairá sem pagar e Amália cobrará pelo que ele consumiu: "Não está esquecendo de nada?" Porém, o soldado se recusará a honrar a dívida e ainda falará mal da sopa da comerciante: "É, acho que não estamos esquecendo de nada, mas bem que eu gostaria de esquecer. Esquecer o gosto horrível desta comida". Porém, a ruiva, que foi pedida em casamento pelo irmão de Rodolfo (Johnny Massaro) se manterá firme na cobrança: "Muito engraçado, mas vocês precisam pagar. Olha aqui, vocês comeram, vocês vão pagar". O soldado, entretanto, continuará se negando a pagar: "Você é que deveria nos indenizar por nos ter feito comer esta lavagem". O soldado sairá sem pagar, Amália ficará furiosa, mas após algumas horas ele voltará e começará a confusão com Afonso.

Afonso dará um murro no soldado e a briga começará. Os dois trocarão socos, mas Amália, que já tinha demonstrado força para enfrentar Vigílio (Ricardo Pereira), surpreenderá todos e pulará nas costas do soldado para tentar acalmar os ânimos. Ele se livrará dela e os dois oponentes iniciarão uma luta com espadas. Durante o conflito aparecerão outros homens da guarda e darão voz de prisão a Afonso: "Você está preso por agredir um soldado de sua majestade, o rei Augusto". Amália tentará evitar, mas Afonso pedirá que ela não faça nada.

Envie seu Comentário