09/12/2017 08h40

'O Outro Lado do Paraíso': Renato beija Clara e se une em vingança. 'Por amor'

O Médico se encontra com a milionária, se explica e faz declaração de amor

Purepeople
 
 
Renato (Rafael Cardoso) vai atrás de Clara (Bianca Bin), que concorda em encontrá-lo para que ele se justifique, na novela 'O Outro Lado do Paraíso' © Divulgação, Raquel Cunha / TV GloboRenato (Rafael Cardoso) vai atrás de Clara (Bianca Bin), que concorda em encontrá-lo para que ele se justifique, na novela 'O Outro Lado do Paraíso'
© Divulgação, Raquel Cunha / TV Globo

Clara (Bianca Bin) vai aceitar as desculpas de Renato (Rafael Cardoso) na novela "O Outro Lado do Paraíso". O médico jura não ter tido culpa por ela ter sido arremessada no mar em caixão durante seu plano de fuga do hospício e ela acaba acreditando e pedindo sua ajuda para conseguir se vingar de seus inimigos e também resgatar o amor de Tomaz (Vitor Figueiredo), seu filho com Gael (Sergio Guizé). As cenas estão previstas para irem ao ar a partir do dia 18 de dezembro de 2017.

Segundo o colunista Daniel Castro, a milionária que, em conversa com Patrick (Thiago Fragoso), diz ter sido vítima de uma armação do médico e promete se vingar dele, concorda em encontrá-lo para que o marido de Lívia (Grazi Massafera) conte sua versão dos fatos de uma vez por todas. "Eu estava no hospício. Presa. Você surgiu, prometeu me tirar de lá", recorda. "Eu sempre desconfiei que tinha alguma coisa errada. Mas havia o bilhete de despedida", lamenta Renato.

A herdeira das obras de arte valiosas de Beatriz (Nathalia Timberg) relata que a idosa a ajudou a focar em fugir do manicômio para se vingar e Renato responde que não tinha conhecimento de nada e, por acreditar que ela havia fugido, acabou se casando com Lívia. "Por amor?", pergunta. "Eu gosto da Lívia. Mas aquele amor, paixão, não. Passei anos naquela casa, nunca vi nenhuma pista sobre teu paradeiro. Até que um dia a Sophia (Marieta Severo) esqueceu o computador aberto", diz o diretor do hospital, relembrando o dia em que encontrou os comprovantes da internação da protagonista.

Clara questiona se o homem que educou seu filho em sua ausência havia sido informado sobre o destino dos falecidos e ele nega: "Estava desesperada para sair de lá. Aceitei. Você não sabia que os caixões eram jogados do penhasco?" "Alguns não. Foi o que me confundiu. Depois descobri. Só os corpos reclamados pela família iam pro continente. Eram enterrados de acordo com os desejos da família. Mas aquela mulher.

Ninguém se importava com a morte dela", afirma Renato sobre a parente de Patrick (Thiago Fragoso) e Fabiana (Fernanda Rodrigues). "Só no último instante descobri que o caixão seria jogado no mar. Nunca, nunca imaginei uma coisa dessas. Eu corri, Clara, corri pra tentar impedir, pra te salvar, mas... Não cheguei a tempo. Pensei em me atirar dos penhascos. Mas teu caixão já tava sendo levado pelas ondas. Entretanto, sobreviveu", fala.

Provando que realmente não sentia amor verdadeiro por Lívia, Renato abre seu coração para Clara, que já terá contado que herdou milhões da amiga de hospício. "Eu nunca te esqueci todos esses anos. Eu sempre amei aquela Clara que conheci como professora do quilombo. Eu casei sim. Mas casei por solidão. Era em você que eu pensava, sempre. Acredite em mim. Tou disposto pra provar que te amo. Faço tudo pra você reconquistar teu filho", promete ele, que fará com que Clara encontre Tomaz na noite de Natal.

A neta de Josafá (Lima Duarte), então, compartilha com o médico seu principal objetivo de vida. "Renato, ter o amor de meu filho é o principal. Mas não só. Eu vim me vingar", diz. "O Gael é o primeiro. Mas a Sophia nunca teria conseguido me internar sem a ajuda do delegado, que ignorou minhas denúncias. Do psiquiatra, que fez um laudo dizendo que não estava de posse de minhas faculdades mentais, quando provavelmente ele próprio forneceu o remédio. Do juiz que me interditou, baseado em uma única opinião. Provavelmente, comprado pela Sophia", aponta, se referindo à Samuel (Eriberto Leão) e Gustavo (Luis Melo). Ela, então, pede o apoio de Renato: "Quero que ela sofra tudo que eu sofri. Olho por olho, dente por dente. Quer provar que está do meu lado? Que me ama? Então me ajude. Quero me vingar de um por um". E ele concorda, se declara novamente e lhe dá um beijo apaixonado: "Eu aceito, Clara. Eu ajudo você a se vingar. Por amor".

Envie seu Comentário