Por volta das 10h5min desta sexta-feira (2), uma viatura da Guarda Civil Municipal estava realizando rondas nas imediações do Supermercado Sol, momento em que foi acionada por populares e imediatamente foram atender o chamado sendo informados de que um assalto estava em andamento mais a frente.

Rapidamente a guarnição se deslocou pela avenida Brasil e ao realizar conversão na rua Maracaju, passando a Garagem do Gelo avistaram a vitima gritando dizendo: “esse homem esta me roubando e me batendo”.

Neste momento, o autor tentou se evadir do local com portando o aparelho de celular da vítima, mas devido a interferência de populares ele foi segurado até a chegada da viatura com os Guardas Civis, que após tomarem ciência do fato deram ordem de prisão em flagrante delito.

O autor resistiu à prisão, sendo que os guardas tiveram  que realizar o uso progressivo da força no individuo, mas devido a essa reação ele ficou com algumas lesões no corpo.

A vitima teve lesão da boca, no joelho direito e no pescoço, pois o homem tentou enforcá-la.

Em seguida a vítima,  junto com a testemunha foram encaminhadas para a primeira delegacia de policia para prestar os devidos esclarecimentos a respeito do fato.

Foi necessário o uso de algemas devido o fato do autor estar bastante alterado, sendo entregue na delegacia de policia.

A vitima não quis ir ao hospital, mas foi orientada a realizar o corpo de delito posteriormente.

Abaixo o registro de como ficou o rosto da vitima após a tentativa de roubo.

Em Ponta Porã, venezuelano espanca mulher, rouba o celular e é preso em flagrante pela GCMFRON

*Com informações da Guarda Civil de Fronteira

Comentários