A tecnologia GeneXpert, que recebeu adaptação para a detecção do novo coronavírus, só está disponível em Amambai, Dourados e Campo Grande. Na foto o equipamento do município que está cedido a SESAI, em Amambai. (Fotos: Vilson Nascimento)

Além do Lacen-MS em Campo Grande e da UFGD em Dourados, apenas Amambai conta com a tecnologia GeneXpert, que permite, entre vários outros, realizar o exame para detecção do novo Coronavírus.

Dentro de um plano de ação para o enfrentamento ao novo Coronavírus, o município de Amambai vai ganhar uma “Central de Triagens” para atender pessoas com sintomas gripais.

Segundo o prefeito do município, o médico ortopedista, Dr. Edinaldo Bandeia, ao invés das unidades básicas de saúde, pacientes que apresentaram sintomas de gripe deverão se dirigir a este Centro Triagem, onde serão atendidas por profissionais treinados para tal função. Durante o processo de triagem os profissionais de saúde irão identificar o quadro do paciente e destinar ao tratamento correto.

Amambai terá Central de Triagem para gripe e poderá fazer exames para Covid19
O prefeito Dr. Edinaldo Bandeira. Central de Triagem para pessoas com sintomas de gripe e a testagem
laboratorial da Covid-19 em Amambai serão grandes avanços para a saúde e o enfrentamento ao novo
coronavírus no município.

Se os sintomas apresentados indicarem um possível contágio por Covid-19, as medidas preventivas serão adotadas de imediato e paciente será encaminhado para a realização de teste para detectar a existência ou não da doença.

Segundo o prefeito, a previsão é que a Central de Triagem entre em operação assim que seja concluída a capacitação dos profissionais que atuarão junto ao órgão e seja escolhida a edificação onde será instalada a unidade.

Se os sintomas apresentados indicarem um possível contágio por Covid-19, as medidas preventivas serão adotadas de imediato e paciente será encaminhado para a realização de teste para detectar a existência ou não da doença.

Segundo o prefeito, a previsão é que a Central de Triagem entre em operação assim que seja concluída a capacitação dos profissionais que atuarão junto ao órgão e seja escolhida a edificação onde será instalada a unidade.

De acordo com Dr. Bandeira, o município de Amambai vai receber, por um período de cinco meses, R$ 60 mil mensais do Ministério da Saúde para manter o Centro de Triagem de sintomas gripais.

Para o prefeito, além de garantir atendimento mais rápido e eficaz aos pacientes com sintomas gripais, incluindo os possíveis infectados por Covid-19, o Centro de Triagem também vai contribuir para a prevenção ao Coronavírus durante os atendimentos regulares nas unidades básicas de saúde do município.

Exame de Covid-19 Amambai também deverá estar apta em breve para a realização de exames para detecção do novo Coronavírus. O município conta, desde 2014, com a tecnologia GeneXpert, que regularmente é empregado para diagnóstico rápido e eficaz de doenças como tuberculose e Aids,

O GeneXpert, que funciona com sistema de cartuchos e foi doado à Prefeitura de Amambai pelo Ministério da Saúde, está cedido ao polo local da SESAI (Secretaria Especial da Saúde Indígena), onde era empregado até recentemente para atender a demanda de exames de tuberculose de pacientes das comunidades de Amambai e dos municípios de Aral Moreira e Coronel Sapucaia.

Recentemente, por conta de novas normas do Ministério da Saúde, o equipamento parou de ser utilizado, não por algum problema, ele está em perfeitas condições de uso, mas pela falta no município, de “capela”.

Amambai terá Central de Triagem para gripe e poderá fazer exames para Covid19
A Capela de Fluxo Laminar ou Cabine de Segurança Biológica (foto ilustrativa) já foi adquirida pela
prefeitura e deverá ser colocada em atividade em breve em Amambai, segundo o prefeito Dr. Bandeira.

A Capela de Fluxo Laminar ou Cabine de Segurança Biológica é um equipamento que permite ao profissional da área a manusear amostras para testes de laboratório sem se expor ao risco de contágio.

Segundo o prefeito, Dr. Bandeira, a Prefeitura de Amambai já realizou a aquisição da capela e assim que o equipamento chegar, caso o Ministério da Saúde disponibilize o kit necessário, Amambai passará a realizar no município os testes para detectar se a pessoa está ou não contagiada pelo novo Coronavírus, testes estes que hoje já realizados no Lacen-MS em Campo Grande e por conta da sobrecarga estão demorando dias para emitir os resultados.

Segundo Leonildo Acosta Martins, o “Léo”, coordenador da CASAI (Casa de Saúde Indígena) local, além Amambai só existem outros três GeneXpert em Mato Grosso do Sul.

Dois estão no Lacen-MS (Laboratório Central de Mato Grosso do Sul) em Campo Grande e um no laboratório da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) em Dourados.

Comentários