HU
Vista aérea do Hospital Universitário de Dourados, onde estava internada uma das vítimas. (Foto: Divulgação)

Com esse registro, o número de óbitos desde o primeiro, há 90 dias, chega a 81 no Estado

Fonte: Campograndenews

Seis óbitos desde ontem, um a cada 4 horas. Essa foi a evolução da letalidade da covid-19 em Mato Grosso do Sul nesta terça-feira (30), três meses após o primeiro registro de morte pela doença no Estado.

O número “assusta”, conforme definição do secretário de Saúde do Estado, Geraldo Resende, durante transmissão ao vivo nesta manhã, sobre os dados atualizados da pandemia de novo coronavírus.

Com esse número de vítimas fatais confirmadas oficialmente de segunda para terça-feira, Mato Grosso do Sul atinge 81 óbitos. O primeiro havia ocorrido no dia 30 de março, na cidade de Itaporã.

Todas as pessoas que tiveram a morte em decorrência da covid nas últimas 24 horas são da região sul do Estado, de Itaquiraí, Dourados, Fátima do Sul e Amambai e Ponta Porã.

Quem são as vítimas – Ontem, haviam sido contabilizadas 75 mortes.  A 76ª vítima é um homem de 61 anos, sem comorbidades, de Ponta Porã. Conforme os dados divulgados hoje, a 77ª vítima foi uma mulher, de 51 anos, moradora de Itaquiraí, técnica de enfermagem. Tinha cardiopatia, hipertensão e obesidade. Começou a sentir os sintomas em 8 de junho e teve diagnóstico positivo para covid-19 em 17 de junho. Foi transferida para o Hospital Universitário da UFGD, em Dourados. Faleceu na noite de 29 de junho.

A 78ª vítima era um homem de 80 anos, morador de rua em Dourados, sem histórico de comorbidades. O início dos sintomas foi em 21 de junho. Estava internado no Hospital Evangélico em Dourados. Teve diagnóstico positivo em 24 de junho. Faleceu na madrugada desta terça-feira, 30 de junho.

Conforme a Secretaria de Saúde, a 79ª vítima tinha 92 anos, era residente de Itaquiraí e sofria de debilitação motora. Estava internado no hospital são Francisco, na própria cidade, desde 27 de junho. Faleceu no mesmo dia, 27 de junho. A confirmação que foi por covid veio em 30 de junho.

O boletim da Secretaria indica que a 80ª vítima era uma mulher de 44 anos, residente de Fátima do Sul, assintomática e em investigação oncológica. Estava internada desde 27 de junho no Hospital da SIAS na cidade. Com agravamento do quadro clínico, faleceu em 28 de junho. Diagnóstico positivo para a doença provocada pelo novo coronavírus foi hoje.

Comentários