Denúncias podem ser feitas no telefone: 99203 9269

O delegado da Polícia Federal Bruno Rafael Maciel, concedeu entrevista ao site Pontaporainforma, onde falou do uso da utilização de drone, pela primeira vez, no dia da eleição em Ponta Porã, que irá acompanhar possíveis aglomerações em áreas próximas aos locais de votação e próximo a Linha Internacional, que divide as cidades de Ponta Porã-MS e Pedro Juan Caballero-Paraguai.

O objetivo é evitar eventuais compras de votos e aglomerações. Serão mais de 100 equipamentos de drones utilizados em todo o país. Além de equipes da polícia federal que atuarão nos drones, haverá as equipes no aguardo de qualquer tipo de acionamento por parte do operador do drone.

Será praticamente impossível notar o drone já que o equipamento ficará em uma altura onde não cabe visualização e também estará fotografando os locais com alta definição, cujas imagens poderão ser utilizadas em procedimentos investigativos posteriores.

Em relação às denúncias, o delegado informou que o plantão da delegacia de Polícia Federal poderá ser acionado pelo número 067 99203 9269, que serve tanto para denúncias de crimes eleitorais como de qualquer outro tipo de denúncia anônima ou não.

O delegado enfatiza que a compra de votos não é legal e que caso ocorra, a Polícia Federal pode agir a qualquer momento. “A compra de votos é um problema crônico, não só aqui em Ponta Porã, mas como no restante do Brasil e a Polícia Federal atua no sentido de coibir essa prática, tanto preventivamente, como repressiva. Tanto antes, como depois das eleições, estaremos investigando as denúncias”, lembrou o delegado.

Comentários