Ela disse que a mulher deve ser respeitada independente do jeito que se veste.

A ex-BBB Rafa Kalimann se uniu a diversas mulheres no Brasil em protesto contra a humilhação sofrida pela youtuber Mari Ferrer, em audiência onde ela acusa um empresário de tê-la estuprado, em 2018, em Santa Catarina. Rafa tirou a roupa justamente para mostrar que uma mulher merece respeito em todas as ocasiões, independente do jeito que se veste.

O texto de Rafa começa com os dizeres: “Não importa como me visto, como escolho estar, se bêbada, se sóbria, se vestida ou nua”, e em seguida fala sobre o direito que as mulheres têm de respeito e segurança.

Kalimann criticou a absolvição de André Aranha, acusado de fazer sexo com Mari, mesmo, segundo ela, estando inconsciente. Os argumentos do advogado e do Ministério Público de Santa Catarina e acatados pelo juiz do caso, concluíram que o empresário não tinha como saber se Mari estava consciente durante a relação sexual.

Antes de saber que o réu iria ser absolvido, Ferrer foi humilhada pelo advogado de André, que mostrou fotos dela com roupas curtas, sugerindo que ela  não seria uma ‘’santa’’. O defensor também disse que torce para que o filho dele não se envolva com uma mulher desqualificada como ela. 

Outras personalidades e até parlamentares criticaram o tom como o advogado de André se dirigiu a Mari na audiência. A Ministra da Família, Mulher e Direitos Humanos, Damares Alves condenou o ato e diz que acompanha o caso. 

Fonte: TopmidiaNews.

Comentários