Para melhorar a estrutura e o aprendizado, o governo do Estado continua sua política de investimentos na educação pública, desta vez com a abertura da licitação para reforma geral na Escola Estadual João Vitorino Marques, na cidade de Aral Moreira.

A abertura da licitação foi publicada nesta quinta-feira (8), no Diário Oficial do Estado. O processo será no modelo de “menor preço”, sendo que as propostas das empresas interessadas serão abertas no dia 26 de abril, a partir das 9h, na Gerência de Licitação da SED (Secretaria Estadual de Educação), no Parque dos Poderes.

A empresa que apresentar a melhor proposta e atender os critérios previstos no edital, será considerada a vencedora do certame e vai assinar o contrato para início das obras. “Ficamos muito felizes com esta reforma, que vai melhorar nossa quadra de esportes, salas e estrutura do prédio. A expectativa é muito positiva”, disse o diretor da unidade, Djalma Santos.

Ele destacou que a escola além de oferecer ensino fundamental e médio, também faz parte do programa “Escola de Autoria”, dispondo assim de aulas em tempo integral. “Até por fazermos parte deste projeto eram necessárias fazer algumas adaptações no prédio e estamos contentes com a obra”, descreveu.

Com 46 anos de existência, a Escola João Vitorino Marques é referência na região e conta com 320 alunos. Ela foi criada em 11 de março de 1975 pelo então governador do Estado, José Fragelli. Seu nome é em homenagem a um dos fundadores da cidade de Aral Moreira, João Vitorino Marques.

Governo abre licitação para reforma na Escola João Vitorino Marques, em Antônio João
Reforma na Escola Estadual Vespasiano Martins, em Campo Grande

Investimentos

Mesmo diante da pandemia do coronavírus, o governador Reinaldo Azambuja não parou os investimentos nos setores prioritários da sua gestão, entre eles a reforma das escolas da rede estadual de ensino em Mato Grosso do Sul. A intenção é  melhorar as condições de trabalho aos profissionais de educação e assim contribuir com o aprendizado dos alunos.

De acordo com a Secretaria de Estado de Educação (SED), já são mais de R$ 262 milhões investidos em reformas e intervenções nas escolas estaduais desde 2015. Durante este período foram quase 600 intervenções nas unidades, com obras de acessibilidade, pintura, readequações na parte elétrica e hidráulica, assim como reformas gerais.

Mais de 40 escolas da rede estadual seguem atualmente com intervenções e reformas em curso. No último ano foram mais de R$ 37 milhões investidos para esta finalidade. “O Estado tem hoje 356 escolas estaduais. Eu posso dizer que até o final de 2022 teremos todas elas estruturadas, reformadas e modernas”, garantiu o governador Reinaldo Azambuja.

Leonardo Rocha, Subcom

Foto: Divulgação

Fonte: Governo MS

Comentários