A vereadora Lourdes Monteiro solicitou durante a sessão ordinária desta terça-feira, 22 de junho, ao prefeito Hélio Peluffo Filho, com cópia ao secretário municipal de Obras e Urbanismo, André Manosso, o serviço de pavimentação asfáltica na Rua das Rosas, no bairro Jardim Independência.

De acordo com Lourdes Monteiro, “esse pedido é para atender à solicitação dos residentes daquela região, nas proximidades do Mercado Avenida, os quais enfrentam dificuldades de locomoção. Desta maneira, o serviço de pavimentação asfáltica promoverá melhores condições de tráfego no local e oferecerá uma melhor qualidade de vida aos moradores locais”.

Atendimento online

A vereadora Lourdes Monteiro também solicitou ao prefeito, Hélio Peluffo Filho, e ao secretário municipal de Governo e Comunicação, Eduardo Campos, a viabilidade de atendimento online (WhatsApp), para a Prefeitura Municipal de Ponta Porã, nos setores de atendimento ao público.

Lourdes Monteiro explicou que “em meio às medidas restritivas impostas na pandemia, as orientações de biossegurança contra o COVID-19 e o fato de que ao se transladarem até o prédio da Prefeitura Municipal, muitas vezes, as pessoas precisam fazer uso de transportes públicos, além do contato direto com os funcionários. O atendimento presencial no referido órgão público aumenta o risco de contágio. Ademais, além de informatizar o atendimento, ele também se torna mais prático e ágil, tanto para a população quanto para os funcionários públicos”.

A vereadora finalizou dizendo que “com um smartphone/desktop a abertura do aplicativo é muito simples, diferentemente de ter que se deslocar até o destino. No mais, o funcionário pode navegar entre as várias conversas no aplicativo e realizar o atendimento de diversas pessoas ao mesmo tempo. Diante dos motivos expostos, com os objetivos principais de otimizar os atendimentos, bem como evitar o deslocamento de grande parte da população até a Prefeitura e devido ao atual momento de pandemia do COVID-19, a implementação de um meio de atendimento online, via WhatsApp, é de extrema pertinência”.

Comentários