source
Honda Civic 2022 deverá chegar como importado ao Brasil, mas apenas a partir do ano que vem
Divulgação

Honda Civic 2022 deverá chegar como importado ao Brasil, mas apenas a partir do ano que vem

Após a Honda apresentar a 11ª geração do Civic nos EUA, o carro estará disponível para venda só a partir do próximo mês de junho com preço que parte de US$ 21.700 (R$ 114.350 em conversão direta).

Por lá, a motorização nas versões LX e Sport  será a mesma do modelo antecessor, ou seja, um 2.0 aspirado a gasolina de 158 cv de potência e 19 kgfm de torque, além da opção de 1,5 litro turbinada a gasolina de 182 cv e 24,5 kgfm , destinada às versões EX e Touring .

Qualquer que seja a opção de motor, a transmissão é sempre a já convencional automática do tipo CVT que vem agradando em cheio aos que buscam uma dirigibilidade mais direta e confortável.

Esteticamente falando, não há como não negar o DNA do irmão maior Accord como os contornos bem acentuados e marcantes, ainda que sejam mais sutis que na geração anterior. Em suma, o resultado do novo sedã da Honda ganhou ares futuristas e linhas bem definidas.

No tamanho, o novo Civic ganhou 3,2 cm de comprimento , além de 3,5 cm na distância de entre-eixos . Em contrapartida, o porta-malas comporta 419 litros , ou 106 litros a menos.

Na parte interna, botão de ignição, painel de instrumentos de 7 polegadas e um sistema de infoentretenimento de 7 polegadas com compatibilidade com Android Auto e Apple CarPlay será de série em toda a gama. Dependendo da versão, bancos dianteiros elétricos com estofamento em couro, sistema de áudio Bose de 12 alto-falantes com um subwoofer e painel de instrumentos digital de 10,2 polegadas.

Além disso, carregador de smartphone sem fio, espelho retrovisor fotocrômico, conectividade HomeLink e um sistema de infoentretenimento de 9 polegadas com navegação GPS fazem parte do pacote tecnológico.

Por fora, como não poderia faltar no Civic , há recursos de segurança adicionais, como sensores de estacionamento dianteiros / traseiros, alerta de tráfego cruzado traseiro e frenagem de emergência automática traseira, entre outros itens.

Você viu?

No Brasil

Honda Civic da atual geração deverá deixar de ser fabricado no Brasil e voltar a ser importado
Divulgação

Honda Civic da atual geração deverá deixar de ser fabricado no Brasil e voltar a ser importado

Por aqui, a estreia do novo Honda Civic 2022 ainda não tem data definida, mas considerando o apelo e o carisma que o modelo conquistou entre os brasileiros, é quase certo que o sedã deve ser vendido só a partir do ano que vem.

No entanto, os indícios apontam que o sedã não ganhará produção nacional. O veículo que atualmente está na sua 10ª geração, pelo menos até então, foi produzido por mais de 20 anos na unidade de Sumaré (SP) .

Com a crescente demanda por SUVs , a procura do sedã foi diminuindo e, ao que tudo indica, deve sair de linha em breve para abrir espaço à nova geração do City Sedan que também terá versão Hatch , ocupando o lugar do Fit .

Apesar desses rumores, nada foi confirmado pela Honda do Brasil e, nesse caso, só resta esperar de qual será o desfecho do mistério da chegada da 11ª geração do Civic no mercado brasileiro. Vamos aguardar por novidades!

As versões mais legais que o Civic já teve

Coupé

Honda Civic Coupé só durou duas gerações no Brasil. Vinha importado dos Estados Unidos
Divulgação

Honda Civic Coupé só durou duas gerações no Brasil. Vinha importado dos Estados Unidos

O modelo nada mais era que um três volumes, porém com estilo mais esportivo por conta do teto levemente mais baixo e curvado em relação ao sedã. O desenho da tampa traseira era mais convincente e agradava aos que buscavam, pelo menos na aparência, mais esportividade .

Por aqui, veio junto com o restante da família Civic em 1992 e motorizações 1.5L-D15B7 e 1.6L-D16Z6, com sistema VTEC. Só foi até a geração seguinte (EJ8), de 1996 a 1997.

Targa

Honda Civic CRX Del Sol tem algumas unidades rodando no Brasil até hoje
Divulgação

Honda Civic CRX Del Sol tem algumas unidades rodando no Brasil até hoje

Produzido em 1992 na planta de Suzuka, no Japão, o Honda CR-X/Del Sol é um curioso targa feito sobre a base do Civic. O teto é acionado por botão: um braço mecânico iça a tampa traseira e dela sai um suporte que o recolhe, após ser liberada a trava e depois a tampa é baixada.

Hatch

Honda Civic VTi hatch vem motor 1.6 com comando de três ressaltos e 160 cavalos de potência
Divulgação

Honda Civic VTi hatch vem motor 1.6 com comando de três ressaltos e 160 cavalos de potência

Lançado no Brasil em 1992, o Civic era importado nas versões DX, LSi, Si, e VTi, destinadas a configuração hatchback nas seguintes motorizações: 1.5L-D15B2 (LSi); 1.5L-D15B7 (DX e LX); além das opções com a tecnologia do VTEC como a 1.6L-D16Z6 (Si, EX e EXS); B16A2 (VTi) e B16A3 (VTi 1995).

A hatch continuou na geração seguinte nas versões LX, EX e VTi e CX, esta última importada de maneira independente.

Si (Sedan e Coupé)

Honda Civic Si chegou a ser feito no Brasil como um dos sedãs esportivos mais marcantes que já estiveram no mercado
Divulgação

Honda Civic Si chegou a ser feito no Brasil como um dos sedãs esportivos mais marcantes que já estiveram no mercado

No final de 2006, marcou a chegada do  Civic Si dotado de motor K20Z3, um DOHC, 2.0 aspirado, com sistema I-VTEC, de 192 cv, sempre com quatro portas e, infelizmente sem a oferta do teto solar.

Em contrapartida, para reforçar a esportividade, vinha com bancos em camurça, painel com fundo vermelho e câmbio manual de seis marchas e opções da cor exclusiva vermelha da versão Si que se juntava à preta e prata.

Na Coupé, ela veio importada do Canadá com motor 2.4 16V de 206 cv e só com câmbio manual de seis marchas e duas portas. Na geração seguinte, em 2018, ganhou motor turbo de 1,5 litro a gasolina de 208 cv e 26,5 kgfm, e câmbio manual de seis marchas.

Fonte: IG CARROS

Comentários