Criciúma/SC – A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (8/4) a Operação Payagua, destinada a reprimir o contrabando de cigarros na região sul do estado.

Cerca de 24 policiais federais estão dando cumprimento a 6 mandados de busca e apreensão expedidos pela 1ª Vara Federal de Criciúma/SC, em endereços localizados nos municípios de Tubarão e Capivari de Baixo/SC.

A apuração dos fatos teve início em março de 2020, a partir de denúncia registrada na ouvidoria do Poder Executivo Federal apontando um suposto contrabandista de cigarros. 

No decorrer das investigações, foram realizadas, com o apoio da Polícia Militar, duas prisões em flagrante, nas quais houve apreensão de 6.234 maços de cigarros ilegalmente introduzidos no país, reforçando os indícios apontados na denúncia.  

O objetivo desta etapa da investigação é a obtenção de mais elementos comprobatórios da prática criminosa e a identificação de outros eventuais participantes do crime.

Nos autos do inquérito policial em andamento para completa apuração dos fatos, os envolvidos podem ser indiciados pela prática do crime previsto no art. 334-A do Código Penal, cuja pena é de 2 a 5 anos de reclusão.

 Comunicação Social da Polícia Federal em Criciúma/SC

 [email protected] | www.pf.gov.br

(48) 3461-8600  

*Payagua, grupo indígena extinto, que ocupava a região do Alto Rio Paraguai, eram considerados exímios canoeiros (uma referência à origem do suposto comércio proibido e ao modo como tais produtos são transportados na fronteira do Brasil com o Paraguai).  

 

Comentários